fbpx
25 C
Porto Velho
terça-feira, 28 janeiro 2020, 08:38
Site de apostas
Site de apostas
Site de apostas

Casal é raptado por quatro pessoas; vítima reage, mata um dos raptores e sobrevive a 22 facadas

Carro do casal dentro do mato
Carro do casal dentro do mato

São Francisco do Guaporpé – Um homem foi morto a tiros e outra vítima de esfaqueamento foi o resultado de uma tragédia ocorrida na madrugada deste sábado (19), por volta das 00h30 próximo ao Rio Conceição, em São Francisco do Guaporé.

Segundo informações das vítimas Vanderlei Gongrililara e Geucimar Santos Cardoso, por volta de meia noite receberam um telefonema de uma das acusadas, Rosileide Penha do Nascimento (Karina), para que a vítima fosse até sua residência, pois iria ganhar uma preza (pedra de crack). A esposa da vítima com medo, pediu para que não fosse, pois sabia da existência de uma dívida de R$ 100 com Karina e pressentia algo de errado.

A insistência foi tanta, que a vítima se armou com uma arma de fogo cal. 22 e foi buscar a tal preza. Já na casa de Karina foi recepcionado por quatro pessoas identificadas por Fábio Penha, Marlene Penha, Lauro José de Lima e Karina e cada um deles portava uma faca, onde forçaram o casal que adentrasse no veículo. Depois de sequestrados, o veículo seguiu com destino ao Rio Conceição, pois Karina falava: “Nós temos um acerto de contas, você me deve birimba (droga no linguajá)”.

Ao se aproximarem do local onde aconteceria o crime de duplo homicídio, um dos acusados de nome Fábio Penha desferiu uma facada contra vítima que percebendo que não escaparia da morte, sacou sua arma e efetuou disparos contra Lauro José, que teve morte instantânea, e por estar na direção do veículo, este caminhou rumo ao barranco à baixo, onde o veículo capotou por diversas vezes até parar sobre umas pedras. Geucimar conseguir sair do veículo e correr, escapando dos acusados que conseguiram segurar a vítima Vanderlei e desferir pelo menos vinte e duas facadas em várias partes de seu corpo, depois de imaginarem a morte da vítima, fugiram do local.

Geucimar correu para a BR pedindo socorro, onde depois de solicitação a Polícia Militar e Polícia Civil esteve presente e realizou as buscas com intuito de localizar os acusados. Karina foi presa em sua residência com várias lesões no corpo e negou a autoria do crime.

Fabio Penha e Marlene Penha ainda estão foragidos. A Polícia acredita que devam se apresentar nas próximas horas para esclarecer os fatos.

Quadro de saúde da vítima ainda é crítico, com risco de morte, foi encaminhado às pressas para outra unidade hospitalar. Foi retirado uma lamina que estava alojada no pulmão de Vanderlei.

A arma de fogo, não foi localizada, apenas pertences dos agentes e as facas que foran apreendidas.

Rosileide Penha (Karina), depois de flagranteada por tentativa de homicídio, foi encaminhada ao presidio, onde ficará à disposição da Justiça.

Últimas notícias: