fbpx
26 C
Porto Velho
sexta-feira, 05 junho 2020, 19:15
Site de apostas
Site de apostas

Falsos médicos são presos em Humaitá, um era natural de Rondônia

A Delegacia Interativa de Humaitá prendeu em flagrante dois cidadãos por exercício ilegal da medicina. Os Falsos médicos estavam na cidade atendendo no Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Humaitá e cobravam 150,00 reais por “consulta”, receitavam e vendiam remédios.

Os acusados são: Uilian de Oliveira Farias, 21 anos, natural de Cacoal – RO, Maurício Alves Gomes, 40 Anos, Natural de Guaíra – PR, moravam em Campo Novo de Rondônia e já estiveram também em Buritis. “Cheguei e o flagrei atendendo uma senhora. Indicam remédios, contra-indicam outros. Na propaganda encontrada com eles, dizem ser uma equipe de terapeutas de Barretos – SP. Os medicamentos encontrados estão no CNPJ de uma empresa inexistente e vários remédios sem validade”. Declarou o Delegado local: Marcus Rezende.

É cada vez mais frequente o aparecimento de falsos médicos. Indivíduos que, sem nenhuma consideração pela vida e pela saúde do próximo, falsificam documentos, se intitulam médicos. Cuidado para não ser vitima desses falsos médicos que podem levar à morte. Nesse momento, estão presos, na Delegacia de Humaitá, aguardando a liberação ou não da justiça.

Esses bandidos enganam principalmente pessoas humildes e com idade avançada que entregam a própria vida nas mãos desses falsos médicos, se você desconfiar de algum “profissional” deste tipo chame a polícia para verificar os dados.

Fonte: site Humaitá.com.br DELEGADO DA COMARCA.

Últimas notícias: