fbpx
23 C
Porto Velho
sexta-feira, 06 dezembro 2019, 06:06
Site de apostas
Site de apostas
Site de apostas

Já não temos heróis para nos salvar da maldade humana!

a paris eternaOpinião de Primeira, Por Sérgio Pires – “Sempre haverá Paris!”  A frase do personagem de  Humphrey Bogart para sua amada, interpretada por Ingrid Bergman, no final do clássico Casablanca, vem a calhar agora, quando o mundo chora mais um ataque terrorista de grandes proporções, dessa vez contra  a cidade  mais visitada no mundo. Casablanca foi lançada nos cinemas mundiais no dia 7 de dezembro de 1942, exatamente um ano depois do ataque japonês a Pearl Harbor, tornando a guerra, que começara na Europa, num conflito mundial. Eram tempos loucos, que, se imaginava, jamais se repetiriam. Mas, a maldade humana supera todas as expectativas. Agora, sob dogmas religiosos e interpretações doentias de ensinamentos dos profetas  do Islã (que sempre defenderam a paz e a harmonia), grupos de celerados covardes saem às ruas, atirando contra inocentes, como se isso fosse mudar o mundo para melhor e torná-los heróis aos olhos divinos. A tragédia de Paris poderia ser ainda maior, caso os facínoras tivessem mais armamentos e fossem em maior número. Como há grande facilidade de entrada e saída da França, pelo turismo. O país  recebe milhões de pessoas de todo o Planeta anualmente e então fica fácil para o terrorismo internacional atacar quando bem lhe convier.

O Brasil não está livre dessa doença planetária. Apesar da nossa Presidente ter dito outra besteira, quando propôs “”diálogo” com o grupo terrorista Estado Islâmico, podemos sim , sermos alvos desses animais travestidos de seres humanos.  Como no ano que vem teremos uma Olimpíada e todos os olhos do mundo se voltarão para nós, os riscos são imensos. A humanidade, tal como nos tempos do nazi facismo e do terror japonês, está novamente em perigo. E já não temos mais heróis como Humphrey Bogart, para nos salvar do mal e renunciar ao seu amor, em nome da Pátria e da Humanidade!

 

MULHERES

Elas estão se tornando cada vez mais fortes também na política. Nas eleições do ano que vem, em Rondônia, há várias mulheres com chances reais de chegaram ao comando das administrações municipais. Uma delas é Mariana Carvalho, em Porto Velho, que aparece à frente em todas as pesquisas, mas que ainda não se definiu se vai concorrer ou não. Outra, que está com uma mão e meia na taça (se a disputa fosse hoje, ganharia com certeza) é Glaucione Rodrigues, de Cacoal. Ela quase tirou a reeleição do Padre Franco, do PT e a maioria do eleitorado está arrependida em tê-la preterido. Agora, ela está com tudo para ser a Prefeitura da sua cidade.

 

TEM MAIS

Outro nome que é pule de dez, é a atual deputada Lúcia Tereza.  Amada na sua cidade, ela não pode andar na rua em Espigo do Oeste, sem ouvir pedidos para que volte à Prefeitura. Lúcia já comandou a cidade por duas vezes e fez administrações com resultados muito positivos, sempre apoiada pelo Governo do Estado. Nos corredores da Assembleia, onde, aliás, também é muito querida e respeitada, ela é chamada de deputada-prefeita. Já em Vilhena, Roseane Donadon tem aparecido com destaque como com chances reais de ser a futura Prefeita. Os Donadon ainda são poderosos naquela região.

 

COITADINHOS!

Os cinco índios que trucidaram três rondonienses, pessoas inocentes, inclusive queimando seus corpos, em dezembro de 2013,  na região de Humaitá, pobrezinhos, estavam sofrendo constrangimento na prisão. Por isso a Funai pediu a a Justiça do Amazonas a soltura dos coitadinhos, que através da desembargadora Encarnação Salgado prontamente atendeu. Estão livres. Ninguém, além dos familiares, desesperados com as perdas dos seus entes queridos e pela impunidade, protestou. No Brasil, assassinos cruéis são soltos para não sofrerem “constrangimentos”. As vítimas? Ah, as vítimas que se danem!

 

MOTO E CACHAÇA

Para quem não lembra do episódio. O Cacique Tenharim bateu com sua moto numa árvore, completamente bêbado e morreu. Dois dos seus filhos e outros três índios decidiram que o pai tinha sido morto por brancos. A partir daí, tramaram uma vingança contra os primeiros que aparecessem. Assim mataram, com requintes de crueldade, três homens inocentes, que, é claro, nada tinham a ver com a morte do cacique bebum. O triplo  crime causou comoção em Humaitá e começou uma grande crise, com ataques e ameaças aos índios. Agora, os “santinhos” assassinos estão soltos.  Isso é Justiça?

 

TERÇA, O DIA D!

A terça-feira será especial para mais de cinco mil advogados rondonienses. Eles vão eleger  a diretoria da importante entidade, numa eleição das mais disputadas dos últimos tempos. O atual presidente  Andrey Cavalcante  busca  a reeleição,  contando com grande apoio, principalmente entre os jovens advogados, que representam mais de 60  por cento da classe, no Estado.  São seus adversários os  também respeitados causídicos Ernandes Segismundo e Juacy Loura Júnior. As urnas estarão abertas das nove às  17 horas e, logo após, já se saberá o resultado da difícil disputa.

PERGUNTINHA

Depois do terror e da crueldade em Paris,  que outra cidade do mundo os terroristas do Estado Islâmico, com quem a Presidente Dilma quer dialogar, vão atacar em breve?

Por Sérgio Pires

Últimas notícias: