Rondônia - 10 de dezembro de 2018
Home / Notícias / Brasil / Greve de caminhoneiros fracassou e o sonho terminou

Greve de caminhoneiros fracassou e o sonho terminou

greve dos caminhoneiros

Editorial – Folha Nobre – Um dos fatores, que influenciou o fracasso da greve dos caminhoneiros foi a falta de organização do grupo que conduzia a paralisação. O manifesto possuiu grande adesão, mas a comunicação, foi péssima e desorganizada.

Clique aqui e saiba mais sobre a greve dos caminhoneiros.

O Governo ditador de Dilma Rousseff, foi um fator que assustou milhares de caminhoneiros. Era o que o Governo queria, assustá-los e combatê-los com uma Medida Provisória golpista e ilegal, mas tudo isso não justifica a falta de organização do grupo que se auto denomina líder dos caminhoneiros.

A categoria dos caminhoneiros está em crise, muitos não possuem mais condições de transportar o nosso alimento no dia-a-dia, e esta é uma realidade, que tão cedo não vai ser mudada.

O sindicatos não colaboram com nada. Afinal, temem as severas multas.

O pequeno grupo que organizou a greve, não teve a capacidade de mobilizá-los, de comunicar suas atitudes de forma adequada. Milhares de caminhoneiros buscam até hoje informações sobre a greve, pois não chegou até eles um canal oficial comunicando acontecimentos da paralisação.

Outro ponto crucial, foi o medo e a falta de confiança em Ivar Schmidt (clique aqui e veja quem é Ivar Schmidt), o líder. Recebemos centenas de mensagens na redação de Folha Nobre, de caminhoneiros que temem que este esteja usando esta mobilização para ser candidato no próximo ano.

Sem questionar a idoneidade do movimento, uma vez que apoiamos a manifestação, questionamos a falta de organização que fez vergonha. A greve dos caminhoneiros acabou e devido ao tamanho fracasso, não acontecerá novamente.

Infelizmente o governo conseguiu o que queria, a categoria não puxou a frente de forma correta, a população não se uniu, e o sonho acabou. O diesel está mais caro, o valor do frete não compensa, e o caminhoneiro não tem saída a não ser a submissão a este sistema e a uma série de fatores que formam essa realidade.

Viva à Dilma, ao Lula e ao PT.

Qual é sua opinião? deixe seu comentário no espaço logo mais abaixo.

Da Redação – Folha Nobre