Rondônia - 18 de novembro de 2018
Home / Notícias / Provérbios 19:25 – Fere o escarnecedor, e o simples tomará aviso; repreende ao sábio, e aprenderá conhecimen to

Provérbios 19:25 – Fere o escarnecedor, e o simples tomará aviso; repreende ao sábio, e aprenderá conhecimen to

O amor severo funciona, direta e indiretamente! Quando você pune um zombador, você talvez consiga fechar a boca rebelde dele; mas você vai ter a atenção de qualquer um que esteja pensando em se rebelar!

Os homens sábios só precisam de repreensão e crescem em conhecimento. Muito bem pode ser realizado por um forte amor, que é o castigo ou a reprovação dos que necessitam deles (Pv 21:11).

A presente geração pede um tratamento brando com crianças rebeldes, criminosos e até prisioneiros de guerra! A nação americana se afeminou mais do que uma moça jovem! A maioria das igrejas agora ensina que o mimar é a forma mais efetiva de tratamento para membros pecadores da igreja!

Repreensão, advertência e juízo devem ser restaurados na casa de Deus e em outros lugares (Is 58:1; Jr 4:1-10; IITm 4:3-4; Tt 2:15; ICo 5:1-5). Ore por homens santos como Elias, João Batista e Paulo para serem levantados e tocar a trombeta da palavra de Deus contra pecados e pecadores!

With enough of this generation’s perverse education, you will believe only kindness or reason should be used with a scorner, not force or punishment. They say pain is not a deterrent. But you must trust God’s word and hate every false idea of man (Ps 119:128). Sufficient pain will stop offenders, and this proverb teaches it will warn others also.

Já chega dessa educação perversa desta geração, onde você crê que somente bondade ou razão deveria ser aplicada aos zombadores, não a força ou a punição. Eles dizem que a dor não é um dissuasor. Mas você deve confiar na palavra de Deus e odiar toda a idéia falsa do homem (Sl 119:128). Dor adequada vai para o ofensor, e este provérbio ensina que ela também servirá de aviso aos demais.

Quando Jesus pregou, as pessoas comuns regozijavam no crescimento do conhecimento (Mc 12:37; Lc 13:17; 19:48; 21:38). Mas zombadores tiveram suas bocas fechadas e temiam questioná-Lo com mais perguntas (Lc 13:17; 20:40). Havia muito tempo que Israel não ouvia um pregador assim, pois os seus professores politicamente corretos, afeminados e refinados eram uma vergonha (Mt 7:28-29).

Punindo zombadores publicamente tem seus benefícios colaterais. Paulo disse a Timóteo, "Aos que pecarem, repreende-os na presença de todos, para que também os outros tenham temor." (ITm 5:20). Até que você assista a um culto na igreja onde isso ocorra, você está perdendo uma experiência sóbria!

Efetuar um exemplo público é sabedoria! Isto pode acontecer na igreja, no lar, na escola, no escritório, no serviço militar ou para o benefício da nação. Quando um chefe de quadrilha é preso e punido, até mesmo os estúpidos seguidores recebem uma mensagem clara que não poderia ser transmitida por meras palavras. Especialmente aqueles que ocupam cargos de autoridade sobre um grupo, precisam manter a regra deles desta forma.

Pais, quando vocês punirem uma criança, faça-o na presença da família inteira para o bem das demais crianças. Punição pública e execuções trariam um grande benefício a nível nacional (Dt 17:8-13; 19:16-21; 21:18-21).

Considere os exemplos da Bíblia. O apedrejamento de um homem zombador que colhia lenha no dia de sábado, atraiu a atenção de Israel (Nm 15:30-36). O apedrejamento daquele que modificou o culto a Deus, foi produtivo à igreja toda (Dt 13:6-11)! Ananias e Safira desprezaram a igreja de Deus e caíram mortos, reavivando o temor naquela igreja (At 5:1-11)!

Quando a punição não é executada rapidamente, tanto o zombador quanto o simplório endurecem em seus caminhos para praticarem o mal (Ec 8:11). Se você exerce autoridade em casa, no local de trabalho, no governo ou na igreja, é o seu dever praticar este provérbio para a punição de zombadores e advertência aos simplórios. A sabedoria e ajustiça são exaltados e divulgados através de tais ações.

"Meia palavra basta" diz um ditado popular. Isto significa que os homens sábios só precisam de um pouco de repreensão ou instrução para aprenderem (Pv 1:5; 9:9; 17:10). Devido ao fato que eles têm bons corações e buscam a correção, é o seu dever repreendê-los e ensiná-los (Pv 9:8; 25:12). A repreensão pública é melhor do que o amor secreto e os ferimentos causados por um amigo são fiéis (Pv 27:5-6; Lv 19:17).