Home / Notícias / Brasil / Senador Delcídio discutiu fuga de delator para a Venezuela

Senador Delcídio discutiu fuga de delator para a Venezuela

O MPF (Ministério Público Federal), em seu site, disponibiliza documento estarrecedor com detalhes das conversas gravadas do senador Delcídio Amaral (PT/MS), preso nesta manhã no curso da Operação Lava Jato.

Numa das gravações, a Venezuela aparece como destino possível de Cerveró, o delator a quem seria oferecida fuga do país – mais pagamento de montante mensal em dinheiro – desde que não delatasse o senador petista, que é líder do Governo Dilma no Senado.

Delcidio-Amaral-Lula

Confiram trechos nos quais foram discutidas as rotas de fuga de Cerveró:

“EDSON: Não sei o custo disso, vou apurar tudo isso eu
tenho amigos que tem empresa de taxi aéreo, de
aviação, entendeu, ver com eles qual o custo disto, a
gente bota no avião e vai embora.
DIOGO: Mas estes de pequeno porte eles cruzam?
EDSON: vai até… Hã…
DIOGO: Estes de pequeno porte eles cruzam?
BERNARDO: Deve parar na Madeira, alguma coisa
assim
EDSON: Depende, se você pegar um…
DELCÍDIO: Não, depende do avião.
EDSON: Citation
DELCÍDIO: Não, não Citation tem que parar no
meio…, tem que pegar um Falcon 50, alguma coisa
assim…
DIOGO: Mas pára na Venezuela…
DELCÍDIO: Aí vai direto, vai embora…
EDSON: Se for direto ótimo.
DELCÍDIO: Desce na Espanha
DIOGO: Sai daqui já desce lá
DELCÍDIO: Falcon 50, o cara sai daqui e vai direto
até lá…”

DIOGO é Diogo Ferreira, chefe de gabinete de Delcídio. EDSON é Edson Ribeiro, advogado do senador. BERNARDO é Bernardo Cerveró, filho de Nestor, que colaborou com a Operação Lava Jato fornecendo as gravações.

Quanto ao mais, alguém surpreso por colocarem a Venezuela como possível destino? Certamente que não. E, a essa altura, é provável que ninguém também esteja estarrecido com a desfaçatez desse diálogo.

Fonte: O Implicante