Rondônia - 22 de julho de 2018
Home / Notícias / Norte / Rondônia / Direitos das pessoas com deficiência são discutidos durante Conferência em Ouro Preto do Oeste

Direitos das pessoas com deficiência são discutidos durante Conferência em Ouro Preto do Oeste

IMG_8256-570x380

O tema “Os desafios na implementação da política da pessoa com deficiência: a transversalidade como radicalidade dos direitos humanos” foi discutido na terça-feira (24) durante a 1ª Conferência Regional das Pessoas com Deficiência, realizada no auditório da Associação Comercial e Industrial (Aciop) de Ouro Preto do Oeste. O evento aconteceu numa parceria do Governo de Rondônia com os 25 municípios do estado.

A Conferência reuniu em Ouro Preto do Oeste representantes de 25 municípios que apresentaram suas propostas para o melhoramento das políticas que atendem às pessoas com deficiências e, consequentemente, serão levadas à Conferência Estadual, que acontecerá em Porto Velho da próxima terça-feira (1) à quinta-feira (3).

O chefe de gabinete da prefeitura de Ouro Preto do Oeste, Jeferson André da Silva, explicou que a fase estadual tem que ser  levada a sério, uma vez que para a concretização de uma política como esta é preciso o empenho das pessoas que querem trabalhar em prol desse público alvo.

Segundo a secretária estadual de Desenvolvimento e Assistência Social, Valdenice Domingos, esta é uma discussão que merece toda atenção, pois é notória a falta de estrutura nas cidades rondonienses para a mobilidades das pessoas com deficiência. “Nós do Governo de Rondônia estamos prontos para levar todas as demandas que serão debatidas na etapa estadual para a próxima, que será a nacional, com a participação dos delegados eleitos. As políticas da pessoa com deficiência precisam ser melhor assistidas, e a Seas vem tendo essa preocupação em fortalecer as políticas e garantir de fato os direitos dessas pessoas em Rondônia”, enfatizou.

A realização do evento sobre acessibilidade é do Conselho Municipal de Direito das Pessoas com Deficiência (CMPD) com o apoio do Governo de Rondônia e da prefeitura de Ouro Preto, através da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas).

Da Assessoria