Home / Notícias / Norte / Rondônia / Confúcio Moura se reúne com 14 colegas em São Paulo: reforma do Estado

Confúcio Moura se reúne com 14 colegas em São Paulo: reforma do Estado

GOVVVEEO governador de Rondônia, Confúcio Moura (PMDB), participou de reunião de trabalho do Pacto pela Reforma do Estado, coordenada pelo Movimento Brasil Competitivo (MBC), em São Paulo, nesta quarta-feira (25/11). O encontro, que reuniu outros 14 governadores e líderes empresariais, foi pautado por propostas de eficiência no setor público.O Pacto pela Reforma do Estado foi firmado durante o Congresso Brasil Competitivo, realizado em setembro. Desde então, os chefes de Estado têm unido esforços com o Movimento Brasil Competitivo. A ideia é construir uma pauta de consenso e um plano de trabalho conjunto, entre os gestores estaduais, para auxiliar a União a enfrentar e superar a atual crise econômica do país. O projeto busca a apresentação de soluções, a curto prazo, que contribuam para um Estado mais eficiente.

Esta coalização público-privada tem a missão de contribuir para um Estado mais eficiente e capaz de responder aos desafios da sociedade propondo uma agenda de transformações compartilhadas. Os debates terão foco na melhoria da oferta de serviços prestados à população, sendo o Estado um indutor e facilitador do desenvolvimento e da competitividade brasileira.

Governadores e empresários concordam que o modelo atual deve ser revisto. É preciso criar condições para que os gestores públicos possam administrar e gerenciar com maior capacidade. A agenda será trabalhada no âmbito estadual e federal, com a construção de propostas de curto, médio e longo prazo, de acordo com o desenvolvimento dos trabalhos. O processo de construção das ações será contínuo e envolverá as equipes técnicas dos estados.

Além de Confúcio, estiveram presentes os governadores do Camilo Santana (Ceará); Marconi Perillo (Goiás); Pedro Taques (Mato Grosso); Reinaldo Azambuja (Mato Grosso do Sul); Fernando Pimentel (Minas Gerais); Simão Jatene (Pará); Ricardo Coutinho (Paraíba); Beto Richa (Paraná); Paulo Câmara (Pernambuco); José Ivo Sartori (Rio Grande do Sul); Fernando Pezão (Rio de Janeiro); Geraldo Alckmin (São Paulo); e Marcelo Miranda (Tocantis); e Paulo Hartung (Espírito Santo).