Rondônia - 21 de julho de 2018
Home / Notícias / Justiça / Deputado federal João Daniel é cassado pelo TRE do Sergipe

Deputado federal João Daniel é cassado pelo TRE do Sergipe

4a7a430cce06b3d8ed1201b650b05401_gO Tribunal Regional Eleitoral, por unanimidade, cassou o mandato do deputado federal João Somariva Daniel (PT) e aplicou multa, no valor máximo de R$106,410 reais. O processo é resultado das investigações de repasse irregular e desvios de recursos das verbas de subvenção da Assembleia Legislativa do Estado, em 2014, quando Daniel exercia mandato no parlamento estadual.

As verbas de subvenção eram um recurso, no valor de R$ 1,5 milhão por ano, disponível para todos os deputados distribuírem entre entidades de cunho social. As investigações do Ministério Público Eleitoral demonstraram que João Daniel desviou pelo menos R$ 367 mil de recursos das subvenções, agindo diretamente para montar um esquema entre empresas, associações e integrantes do Movimento Sem Terra, que é sua base eleitoral.

O arranjo envolveu pelo menos duas entidades: a Associação de Cooperação Agrícola do Estado de Sergipe (Acase), que recebeu R$ 213 mil em subvenções, e o Centro de Formação em Agropecuária Dom José Brandão de Castro (CFAC), destinatários de R$ 220 mil em repasses do parlamentar.

Além delas, três empresas colaboraram com os desvios: a BHS Serviços, a Premium Consultoria a HG Serviços de Transportes. O esquema funcionava com entidades recebendo as subvenções e contratando as empresas para serviços como realização de cursos e aluguel de carros. A quebra de sigilo bancário das entidades e empresas demonstrou que assim que os pagamentos às empresas eram realizados, o dinheiro era sacado ou redistribuído entre os participantes do arranjo, sendo usado, inclusive, para pagar despesas de campanha de João Daniel.

Além da cassação e da multa, João Daniel fica inelegivel por 8 anos.

Por itnet, com informações do MPF/SE.