Rondônia - 16 de agosto de 2018
Home / Notícias / Concursos / O que cai na prova: ISS – Prefeitura de Goiânia

O que cai na prova: ISS – Prefeitura de Goiânia

prefeitura-de-goiania-logoA Prefeitura de Goiânia está com inscrições abertas para o concurso do ISS, com 30 vagas para o cargo de Auditor de Tributos. Se você deseja concorrer aos salários de R$ 10.558,84, veja o que cai na prova. Selecionamos os principais conteúdos para você!

Para saber mais detalhes e baixar o edital, veja a página do Concurso ISS – Prefeitura de Goiânia.

Garanta a sua vaga neste concurso.
Compre aqui: Apostila ISS-GO

Língua Portuguesa: Leitura, interpretação e análise de textos de diferentes gêneros textuais. Efeitos de sentidos produzidos nos textos. 2. Linguagem verbal e não-verbal. 3. Mecanismos de produção de sentidos nos textos: metáfora, metonímia, paralelismo, ambiguidade, citação, pressuposto, subentendido, inferência, ironia, intertextualidade etc. 4. Uso de artigos, pronomes, substantivos e outros recursos estabelecedores da referência textual. 5. Funcionalidade e características dos gêneros textuais (oficiais e não oficiais): ofício, memorando, e-mails, carta comercial, carta pessoal, aviso, charge, conto, crônica, tira, artigo de opinião e artigo de divulgação científica, reportagem, notícia, propaganda institucional/educativa, caricatura etc. 6. Organização da frase. Sujeito e complemento sintáticos. Tempos e modos verbais. Modalidade. Voz verbal. Concordância verbal e nominal. 7. Acentuação gráfica. 8. Norma padrão da língua. 9. Ortografia oficial. 10. Pontuação.

Matemática e raciocínio lógico: juros simples: montante e juros. Taxa real e taxa efetiva. Taxas equivalentes, capitais equivalentes. Juros compostos: montante e juros. Taxa real e taxa efetiva. Taxas equivalentes, capitais equivalentes. Capitalização contínua. 2. Descontos: simples, composto. Desconto racional e desconto comercial. Amortizações. Sistema francês. Sistema de amortização constante. Sistema misto. 3. Fluxo de caixa. Valor atual. Taxa interna de retorno. 4. Lógica: estrutura lógica de relações arbitrárias entre pessoas, lugares, objetos ou eventos fictícios. Compreensão e elaboração da lógica das situações por meio de: raciocínio verbal, raciocínio matemático, raciocínio sequencial, orientação espacial e temporal, formação de conceitos, discriminação de elementos. Tabelaverdade. Argumento válido: compreensão do processo lógico que, a partir de um conjunto de hipóteses, conduz, de forma válida, a conclusões determinadas. 5. Noções de Estatística: Apresentação de dados estatísticos: tabelas e gráficos. Medidas de centralidade: média aritmética, média ponderada, mediana e moda. Situações-problema envolvendo noções de estatística.

Noções de informática: Sistemas operacionais Windows: recursos básicos de utilização: janelas, menus, atalhos, ajuda e suporte gerenciamento de pastas e arquivos; pesquisas e localização de conteúdo; gerenciamento de impressão; configuração no Painel de Controle. 2. Aplicativos para edição de textos por meio de software livre e de software comercial: ambiente do software; operações básicas com documentos; edição e formatação do texto; tratamento de fontes de texto; formatação do texto; verificação ortográfica e gramatical; impressão; utilização de legendas, índices e figuras. 3. Aplicativos de planilhas eletrônicas por meio de software livre e de software comercial: criação e formatação, uso de fórmulas, criação de gráficos. 4. Navegadores de Internet e serviços de busca na Web; navegação e exibição de sítios Web; utilização e gerenciamento dos principais navegadores de Internet. Conhecimentos básicos de segurança da informação. Segurança de transações pela internet. Ferramentas e mecanismos para garantir a segurança da informação. 5. Hardware, periféricos e conhecimentos básicos de informática: tipos de computador, tipos de conectores para dispositivos externos, dispositivos de entrada/saída, de armazenamento e comunicação de dados.

Geografia, história e conhecimentos gerais sobre Goiânia e Estado de Goiás: A população goiana: povoamento, movimentos migratórios, densidade e distribuição demográfica. 2. História política de Goiás. 3. As oligarquias e o Coronelismo na República Velha. 4. A construção da Estrada de Ferro Goiás e seus impactos na dinâmica territorial goiana. 5. A Revolução de 1930 e a transferência da capital para Goiânia. 6. O planejamento e a construção de Goiânia. 7. A criação da Colônia Agrícola Nacional de Goiás. 8. A revolução verde em Goiás. 9. Aspectos físicos do território goiano: hidrografia, clima, relevo e fitofisionomias do Cerrado. 10. Patrimônio histórico, cultural, religioso e o turismo em Goiás. 11. Formação econômica de Goiás: as bandeiras e a exploração do ouro – a agricultura e a pecuária nos séculos XIX e XX. 12. Urbanização e rede urbana em Goiás. 13. A regionalização do território goiano. 14. A Região Metropolitana de Goiânia e sua dinâmica territorial.

Economia, finanças públicas e administração pública:

Economia: 1. Recursos escassos e necessidades ilimitadas. Agentes econômicos. O papel do governo. Fluxo real e nominal. 2. Oferta e demanda. Preço e quantidade de equilíbrio. Efeito dos tributos diretos e indiretos sobre o sistema de preços. 3. Concorrência perfeita, monopólio, concorrência monopolista. 4. Indicadores de sustentabilidade para a gestão tributária municipal. 5. Sustentabilidade financeira e econômica municipal. 6. Investimento e poupança. Renda de equilíbrio. 7. Crescimento econômico e ciclos econômicos. 8. Demanda Agregada. 9. Modelos Keynesianos: propriedades básicas. 10. Equilíbrio no mercado de bens e serviços e no mercado monetário. 11. Dinâmica do Modelo IS-LM. 12. Política Fiscal. Política Monetária. 13. Taxa de juros nominal x taxa de juros real. Dinâmica da taxa de juros. 14. Teoria quantitativa da moeda. 15. Inflação e efeitos da inflação. Medição da inflação. 16. Economia do Setor Público.

Administração Pública: 1. Organização do Estado e da Administração Pública. 2. Modelos teóricos de Administração Pública: patrimonialista, burocrático e gerencial. 3. Experiências de reformas administrativas. 4. O processo de modernização da Administração Pública. 5. Evolução dos modelos/paradigmas de gestão: a nova gestão pública. 6. Governabilidade na função pública. 7. Governo eletrônico e transparência. 8. Qualidade na Administração Pública. 9. Novas tecnologias gerenciais e organizacionais e sua aplicação na Administração Pública. 10. Gestão Pública empreendedora. 11. Ciclo de gestão do Governo Federal. 12. Gestão financeira e orçamentária e controle da Administração Pública. 13. Sigilo e ética profissional no exercício da função pública; Gestão do processo decisório e controle na função pública; Gestão da governança na função pública e accountability pessoal; Gestão da auditoria e fiscalização tributária municipal.

Finanças Públicas: 1. Objetivos, metas, abrangência e definição de Finanças Públicas. 2. Visão clássica das funções do Estado; evolução das funções do Governo. 3. Ingressos públicos: receitas públicas, receitas originárias e derivadas. 4. Os princípios teóricos de tributação. 5. Impostos, tarifas, contribuições fiscais e parafiscais: definições. 6. Tipos de impostos: progressivos, regressivos, proporcionais, diretos e indiretos. 7. Carga fiscal progressiva, regressiva, neutra e carga fiscal ótima. 8. Efeitos da ausência ou do excesso de cobrança de impostos. A curva reversa. O efeito de curto, médio e longo prazo da inflação e do crescimento econômico sobre a distribuição da carga fiscal. 9. Lei da responsabilidade fiscal. Ajuste fiscal. Contas públicas – déficit público. Resultado nominal e operacional. Necessidades de financiamento do setor público. 10. Classificação da receita e despesa orçamentária. 11. Conhecimento sobre a elaboração, revisão, acompanhamento e controle de relatórios técnicos e administrativos. 12. Sistemas de informações gerenciais na gestão dos processos administrativos. 13. Princípios da auditoria tributária da receita própria municipal. 14. Controle interno e adequação da estrutura de auditoria e fiscalização tributária municipal.

Conhecimentos específicos: Confira no edital.

Critérios de desempate

Em caso de empate, para efeito de classificação final nas Provas Objetivas, terá preferência o candidato com idade igual ou superior a 60 (sessenta) anos, na forma do disposto no parágrafo único do Artigo 27 da Lei Federal n. 10.741, de 1º de outubro de 2003 (Estatuto do Idoso). Persistindo o empate, prevalecerão os seguintes critérios, sucessivamente:
– Maior pontuação nas provas do Grupo 2;
– Maior pontuação nas provas do Grupo 1;
– Maior idade.
Fonte: Nova Concursos