Home / Notícias / destaque / Confúcio chama Bancada Federal para apoio a Rolim de Moura

Confúcio chama Bancada Federal para apoio a Rolim de Moura

 

confucio e rolimColuna Opinião de Primeira, Por Sérgio Pires – O governador Confúcio Moura lançou, em seu Blog no domingo, um desafio em nome de Rolim de Moura. Disse que, se tiver apoio dos senadores, deputados federais e estaduais que se elegeram pela cidade e região, vai asfaltar toda a cidade de Rolim de Moura em três anos. Deu sua palavra. Está escrito e assinado por ele. O que Confúcio pede é que os senadores Ivo Cassol e Valdir Raupp, além dos deputados Luiz Cláudio, Expedito Netto e Marinha Raupp, que representam a cidade, coloquem emendas no valor de 2 milhões de reais por ano, cada um. Todo o dinheiro, garante, será investido para melhorar a infraestrutura da cidade, incluindo 200 quilômetros de asfalto. “ Máquinas, mão-de-obra, combustível tudo é com o Estado”, escreveu. Embora não tenha nenhum deputado estadual eleito por Rolim (muitos dos atuais parlamentares fizeram votação na cidade, incluindo o presidente Maurão de Carvalho), Confúcio quer apoio financeiro também na Assembleia, para atingir seu objetivo.

No texto, o Governador fala sobre a instalação de uma usina de asfalto quente em Rolim e que está disposto a trabalhar duro para que a cidade supere suas imensas dificuldades, incluindo o que ele chamou de “uma crise sem precedentes na saúde pública”!  Foi ainda mais longe. ” Dá para se recuperar as associações, sindicatos rurais e cooperativas. Dá para se ter a mais elevada produtividade do leite do Estado e diversificar e especializar a cidade, com um produto que lhe seja caro e orgulhoso. A massa de força política está eleita e em pleno gozo de suas funções”. Depois de dizer que não quer se comparar a ninguém e quer apenas  ajudar a cidade, reafirma. E conclui: “Estou aqui, desarmado e despolitizado, a disposição de todos para dar a Rolim o que é de Rolim”. O desafio está lançado. Será que vai ser aceito?

 

DENUNCIANTE EM PERIGO

Que se cuide o vereador petista Eliondas Sebastião, de Vale do Paraíso. Foi depois de denúncias feitas por ele que a Polícia e o Ministério Público desbarataram uma quadrilha, que agia dentro da Prefeitura daquela cidade, desviando muita grana. Seis pessoas foram presas, incluindo dois vereadores, dois ex vereadores e até a mulher do prefeito, que é secretária municipal. Nos últimos dias, Sebastião tem recebido ameaças de morte por telefone. Com a impunidade que campeia nesse país, é bom que ele se proteja. Porque se depender das leis, que protegem muito mais criminosos do que as vítimas, ele está ferrado.

 

VÊM MAIS POR AÍ!

Dentro do mesmo tema: pelo menos mais duas operações peso pesado estão sendo preparadas em  Rondônia. Uma delas, se forem verdadeiras as informações ainda não oficiais, é de arrepiar os cabelos. Dias atrás, poucas horas antes de ser desencadeada, uma dessas operações da polícia e MP teria sido abortada, ainda não se sabe por quais motivos. Há peixe grande envolvido, talvez por isso todos os cuidados que estão sendo tomados para que, quando a coisa sair às ruas, seja com todas as provas e evidências. Mas que a coisa é quente, não há dúvida. As fontes são super fidedignas. Ao que parece, é tudo questão de dias. Quem sabe antes do Ano Novo!

 

MAIS E MAIS IMPOSTOS

O empresariado rondoniense está chiando. Representantes da Fecomércio  e Federação das Associações Comerciais foram à Assembleia pedir apoio dos deputados para que não apoiem aumento de impostos proposto através projeto do Governo do Estado. A intenção  aumentar o imposto sobre combustíveis, o ICMS e o IPVA. O ICMS passaria de 17 para 18%. O IPVA teria um aumento também significativo. Os comerciantes rondonienses protestam, dizendo que em tempos de crise, aumentar impostos influi diretamente na diminuição ainda maior do consumo. A tendência, infelizmente, é que o projeto do Governo tenha apoio dos deputados.

 

MENOS FLORESTA

O desmatamento na Amazônia cresceu em 2014, comparando-se com o mesmo período de 2013. Os números oficiais apontam mais de 5.800 quilômetros quadrados de floresta foram derrubados. Rondônia contribuiu bastante para esse número. O crescimento do desmate no Estado chegou a 41 por cento a mais. Só ficamos atrás do Amazonas, que derrubou 54 por cento.  Mato Grosso ficou em terceiro, muito perto de Rondônia. O Acre, contudo, diminuiu a destruição da floresta. Mesmo com o aumento da fiscalização e pesadas multas, o ataque à floresta não tem diminuído. A ministra do Meio Ambiente, Izabela Teixeira, protestou.

 

O ATRASO DO ATRASO

Pesquisa nacional deu resultado de arrepiar os cabelos. Uma coisa incompreensível:  se a eleição  Presidencial fosse hoje, Aécio teria 31 por cento dos votos e Lula  22 por cento. Até aí, tudo certo! O problema é que a ex senadora Marina Silva, a voz das ONGs internacionais, teria 21 pontos, um a menos que Lula e com grande chances de bater Aécio, num segundo turno. Depois, quando o país é enterrado numa crise sem precedentes, o eleitor quer saber como isso aconteceu. Marina Silva é um atraso muito pior que Lula, Dilma e o PT. O eleitor brasileiro parece mesmo brincar de votar…

 

PERGUNTINHA

Quando Delcídio do Amaral começar a abrir a boca e contar tudo o que sabe, sobrará pedra sobre pedra na República que chegou ao do recorde de corruptos, em toda a história do nosso país?

Leia o Blog:   www.opiniaodeprimeira.com.br