Rondônia - 24 de Maio de 2018
Home / Notícias / Destaque / O deboche continua e o país está ruborizado!

O deboche continua e o país está ruborizado!

dilmaColuna Opinião de Primeira, Por Sérgio Pires – Na noite desta terça, o Brasil vivenciou mais um daqueles episódios que deixa a todas as pessoas de bem ruborizadas. Pior que o  motivo do deboche vai continuar nesta quarta, quando se assistirá mais um capítulo dessa novela ridícula, que sintetiza o péssimo momento que vivemos. No meio de crise econômica que só cresce, Governo e Congresso vivem em função de causas que envolvem interesses apenas do presidente da Câmara, Eduardo Cunha e da presidente da República, Dilma Rousseff. E que interesses! Baixeza. Podridão. Troca de favores, um apenas preservando o outro, pela sobrevivência mútua. Deputados do PT cometem o abuso de dizer que votarão para manter o corrupto Cunha no comando, por preocupação com os destinos do país. É uma gozação com  nossa cara, uma falácia doentia, porque a manutenção dele, com apoio do Planalto e seus aliados, será a garantia de que Eduardo Cunha não dará seguimento aos processos de impeachment de Dilma. Ou seja, com apoio de membros do PT e outros governistas, a tendência é que o político que tem contas na Suiça, com dinheiro cuja procedência ninguém sabe, continuará com o poder. E os brasileiros decentes serão obrigados a prestar reverência a um cidadão que deveria era estar das grades. Ao mesmo tempo, terá que suportar uma governante inerte, que parece lavar as mãos, enquanto seu país desce a ladeira.

Tudo isso está acontecendo por vários motivos, mas na essência deles, na raiz, as péssimas escolhas que o eleitorado brasileiro tem feito, desde que a democracia voltou ao País. Estamos andando para trás, em termos de qualidade dos nossos governantes e representantes do parlamento. Cunha e Dilma são apenas os dois principais exemplos. Mas, pensando bem, o que temos muito melhor que eles, tanto nos que estão no poder quanto entre os oposicionistas?

 

O USUÁRIO SE FERRA

Foi a quarta greve dos ônibus em Porto Velho, em apenas oito meses. Uma  cada dois meses. Tudo isso pela confusão toda criada pela Prefeitura, em torno do transporte público. Nunca se viu uma situação como essa, desde que começou o sistema na cidade, há mais de 25 anos. Motoristas e cobradores das atuais empresas exigem não só salários atrasados de um delas (a Rio Madeira, já que  Três Marias está com suas contas rigorosamente em dia), mas também a garantia de emprego, quando o novo consórcio começar a operar. É uma baderna, num setor vital para a população. E quem paga o pato? O usuário, é claro!

 

JOGO DE CENA

A ameaça da Justiça Eleitoral de usar urnas de lona e o voto em papel, como sua fazia há muitos anos, o que significaria um grande retrocesso no sistema eleitoral brasileiro, certamente servirá para que o Governo reveja sua decisão de contingenciar o dinheiro para o pleito de 2016. O país está quebrado, mas quando se trata de eleições, sempre se dá um jeito. Portanto, a ameaça não passa de um blefe. Quando chegar a hora, vai aparecer  grana para que tudo seja feito com as urnas eletrônicas, que mesmo  contestadas, colocam o Brasil entre os primeiros no mundo, em termos de eleições.

A GRANA DO EXPEDITO NETTO

Em seu Blog, o governador Confúcio Moura está convocando a bancada federal e políticos eleitos por Rolim de Moura, para se mobilizarem num mutirão para melhorar a cidade. Um resultado já surgiu antes mesmo de Confúcio publicar seu apelo. O jovem Expedito Netto colocou emenda no orçamento da União do ano que vem, de 36 milhões de reais, para combate as enchentes na cidade.  O Governador quer que os representantes de Rolim e região coloquem 2 milhões de emendas por ano, cada um, para que o Governo tenha recursos para fazer todas as obras necessárias na cidade.

ATAQUE INJUSTO

O médico Emerson Sena, vítima de calúnias na net, é um especialista de mão cheia e um profissional com uma história de vida de esforço, dedicação, renúncias. Tem se destacado no tratamento de doenças neurológicas, realizando inclusive cirurgias pouco invasivas da coluna, com total sucesso. Desde que chegou do Rio de Janeiro, Emerson já conseguiu grande clientela, graças à propaganda boca a boca dos seus pacientes, um indicando ao outro, pelos resultados positivos de seu trabalho e dos tratamentos que realiza. Atacado gratuitamente, o médico se tornou ainda maior depois do episódio. Foram seus muitos amigos e pacientes que saíram em sua defesa. Não precisa dizer mais nada…

A AIDS E OS JOVENS

Começou a fase do ano em que se debate novamente a Aids que, infelizmente, parece ser esquecida no restante do ano. Só que a doença continua contaminando muita  gente e, o mais assustador, atingindo cada vez ais jovens. Gente que não viveu o auge da doença e que não foi ensinada a se prevenir, como a geração anterior, agora se torna alvo do vírus, que continua sendo mortal, caso não tratado logo e com todo o coquetel de medicamentos que se conhece. Em Rondônia, até o mês passado, 236 novos casos de Aids fora descobertos. E em eles  – 27 no total – foram atingidas  pessoas entre 15 e 24 anos. Prevenção continua sendo o melhor remédio…

PERGUNTINHA

Será que algum apostador brasileiro que não more em Brasília e não aposte na lotérica que dá de vez e quando prêmios milionários, terá chance de ganhar os 110 milhões da Mega  Sena, nesta quarta?

Leia o Blog:   www.opiniaodeprimeira.com.br