Rondônia - 17 de outubro de 2018
Home / Notícias / Brasil / Filho de Cerveró pede desculpas a “japonês bonzinho”

Filho de Cerveró pede desculpas a “japonês bonzinho”

newton-ishii-1024x455

O filho de Nestor Cerveró, Bernardo, enviou uma mensagem para a Polícia Federal pedindo desculpas por envolver o agente Newton Hidenori Ishii em uma suspeita de vazamento de informações. Em uma gravação, Bernardo, o então advogado de Cerveró, Edson Ribeiro, o senador Delcídio do Amaral e o assessor dele, Diogo Ferreira, dizem que Ishii venderia informações sigilosas para a imprensa. Esse é o trecho:

DELCÍDIO: Alguém pegou isso aí e deve ter reproduzido. Agora quem fez isso é que a gente não sabe.

EDSON: É o japonês. Se for alguém é o japonês.

DIOGO: É o japonês bonzinho.

DELCÍDIO: O japonês bonzinho?

newton-3-300x169

EDSON: É. Ele vende as informações para as revistas.

BERNARDO: É, é.

DELCÍDIO: É. Aquele cara é o cara da carceragem, ele que controla a carceragem.

BERNARDO: Sim, sim.”

newton-2-300x169

Nesta quarta-feira delegados da Polícia Federal receberam um email, enviado pela defesa de Cerveró, em que Bernardo pede desculpas e se retrata. Ele afirma que não foi a intenção dele complicar a vida do agente. Que tudo não passou de suposição. E que admira o trabalho de Newton Hidenori Ishii como servidor público. A informação foi confirmada pela PF e pela defesa do ex-diretor da Petrobras, Nestor Cerveró.

Fonte: band tv curitiba