Home / Notícias / Esportes / Piqué: ‘No Mundial com Santos, Neymar viu que Brasil era pequeno para ele’

Piqué: ‘No Mundial com Santos, Neymar viu que Brasil era pequeno para ele’

neymar-pique-300x250e

Para o zagueiro Piqué, Neymar percebeu que deveria trocar o Santos pelo futebol europeu no fim de 2011, quando o Barcelona goleou o time paulista no Mundial de Clubes, por 4 a 0, no Japão. “Parece-me que ali Neymar viu que oBrasil estava pequeno para ele”, disse o espanhol, em entrevista ao site da Fifa, publicada nesta quarta-feira (02).

“Jogamos a final do Mundial de Clubes contra o Santos de Neymar e ganhamos por 4 a 0, em uma das melhores partidas do Barcelona que me recordo. Parece-me que ali ele viu que o Brasil estava pequeno e que queria se provar em uma equipe grande. Entendeu que no Barça poderia crescer como jogador e não tenho dúvidas de que aqui se sente bem”, disse.

O duelo aconteceu no dia 18 de dezembro de 2011, no estádio Yokohama Internacional.

A reportagem no site da Fifa exalta Neymar, um dos finalista do prêmio Bola de Ouro de 2015, que elege o melhor jogador do ano, Astros do Barça foram convidados a dar depoimentos sobre o brasileiro.

Piqué acrescenta: “Um talento, top-3 do mundo, sem dúvida. Não se trata apenas de gols e assistências, mas de intensidade de jogo e desequilíbrio no um contra um. No nosso esquema, os atacantes são os primeiros defensores, e a pressão que ele realiza também é importante”.

Iniesta e Messi também deram declarações – o argentino se disse “impressionado” com a evolução do camisa 11. Thomas Vermaelen, defensor belga menos conhecido, foi outro que participou.

O texto lembra a última vez em que um brasileiro foi indicado à Bola de Ouro, Kaká, então jogador do Milan, em 2007. “Em todos os anos seguintes, o Brasil, onde o futebol é religião, nem sequer pôde colocar um dos seus jogadores entre os finalistas do prêmio… até que apareceu Neymar”, completa.

O vencedor do prêmio será anunciado no dia 11 de janeiro de 2016, em evento na sede da Fifa, em Zurique, Suíça. Neymar concorre com Cristiano Ronaldo e Lionel Messi.

Confira as declarações
MESSI: “É um grande jogador. Nestes anos jogando com ele, me impressionei com seu crescimento, a todos os níveis. Estou feliz que está do nosso lado”.

INIESTA: “É um jogador fundamental para nós. Desde que chegou, cresceu muitíssimo tanto a nível individual quanto coletivo. Às vezes parece surpreender com as coisas que faz em campo, mas a verdade é que com o talento que tem faz com que essas coisas sejam normais”.

VERMAELEN: “É um jogador de classe mundial. Quando Messi esteve lesionado, ele colocou a equipe nas costas e foi muito impressionante. De certo, me recorda a Messi, obviamente mais jovem e com caminho a percorrer. Mas, para mim, tem esse potencial para ser o melhor do mundo no futuro”.

Fonte: 180graus