Rondônia - 23 de Abril de 2018
Home / Notícias / Religião / Estudos de Provérbios / Provérbios 3:10 – E se encherão os teus celeiros abundantemente, e trasbordarão de mosto os teus lagares

Provérbios 3:10 – E se encherão os teus celeiros abundantemente, e trasbordarão de mosto os teus lagares

estudo de provérbio deusCeleiros cheios de abundância? Lagares transbordando de vinho? Temos aqui a frase descritiva das bênçãos financeiras e da prosperidade econômica. Você está interessado? Estas são fáceis de serem obtidas! Somente a palavra de Deus ensina tal sabedoria, pois as escolas de administração de empresas são ignorantes demais para conhecer os fatores econômicos mais importantes do universo. Lembre-se de que eles vieram dos macacos!

O Pregador, que é Salomão, apresentou determinadas promessas para aqueles que O honram com seus bens e a primeira porção de sua receita (Pv 3:9). A verdadeira honra a Deus não diz só o cantar o seu amor por Jesus; é o de dar a Ele de suas possessões e do seu dinheiro. Os versos precedentes ensinam o dever de dar; este versículo ensina como Deus recompensa os doadores.

Numa sociedade agrícola, o celeiro era o local onde você guardava os seus bens, e os lagares eram os locais onde você convertia as uvas em vinho valioso. Estas duas figuras de linguagem descrevem um fazendeiro que está prosperando – ele tem acumulado muito e tem uma grande quantia em dinheiro. Aqui nós temos uma vida boa, do ponto de vista financeiro, apresentado pela descrição gráfica da linguagem.

Esta lei da recompensa financeira é tão real quanto a lei da gravidade; é mais verdadeira do que qualquer conselho sobre dinheiro que você já ouviu. É tão verdadeiro quanto (Gn 1:1) ou qualquer outro versículo das escrituras. É a promessa escrita de Deus. Creia nisso! Se você honrar a Deus dando a Ele a porção que pertence a Ele, Ele o abençoará financeiramente, seguramente! É claro que como todas as demais promessas e generalizações bíblicas, Deus detém o direito de aplicar leis diferenciadas em sua vida em épocas diferentes, para a glória Dele e para o seu lucro. Mas se tudo o mais for igual, o homem que contribui é o homem que prosperará.

Ainda está duvidando? A sua falta de fé explica a razão pela qual você não recebe (Hb 11:6; Tg 1:6-7). O contribuir ousado em fé é um ato de adoração (Fp 4:18), E Ele vai recompensá-lo por isto. Certa vez, um homem importante duvidou de Deus e aqueles que criam o pisotearam até a morte no caminho do banco (IIRs 7:16-20)! E o Senhor matou muitos Israelitas, os quais duvidaram da Sua capacidade (Sl 78:17-31).

Que tipo de resultado Deus pode dar? Os investimentos de Isaque cresceram 10.000% em um ano (Gn 26:12). Jacó partiu do nada e adquiriu um grande valor acumulado em 20 anos (Gn 32:10). O ganho de Salomão era tão grande que a prata se tornou tão comum quanto as pedras (IRs 10:27). Ele se envergonhou de beber em taças de prata e, por esta razão eram todas de puro ouro (IRs 10:21)!

O Senhor pode abrir as janelas do céu e derramar muito mais bênçãos financeiras e favores do que você possa acreditar (Ml 3:10). E Ele ousa desafiar você para testá-Lo (Ml 3:8-12)! Ele sabe o que é uma boa medida uma boa medida e como recalcá-la, sacudi-la e transbordá-la pelas beiras (Lc 6:38)! Ele vê o seu balancete e sua declaração de renda. Ele enxerga a intenção do seu coração e o grau de alegria e zelo que você tem em dar. Você O engana por conta do seu próprio risco financeiro.

Robert G. Letourneau (1888-1969) dava 90% de sua receita e era um homem rico quando morreu. Ele costumava dizer: “Eu passo o meu dinheiro para Deus com uma pá, e Ele a passa de volta, mas com uma pá maior!” Esse homem testou a Deus com grande fé, mas Deus era maior do que a sua fé! Quanta fé você tem, leitor? Você andaria sobre as águas financeiras ao simples comando Dele?

Se você sofre financeiramente, você tem pecado em sua vida (Jr 5:25), ou não tem dado com liberalidade (IICo 9:6), ou você não o tem feito com alegria (IICo 9:7). O Senhor colocou buracos em suas bolsas e o seu trabalho duro e os seus salários estão escoando por eles (Ag 1:2-11). A única exceção a esta regra é quando o Senhor está realizando outra coisa em sua vida para o seu maior benefício, mas mesmo neste caso, o dever de honrar a Deus com os seus bens e dar das primícias dos seus frutos, ainda está valendo (Pv 3:9).

Um homem dirá, “Mas eu dei e nada aconteceu.” Deus não é como uma máquina distribuidora automática de balas esperando que você dê uma oferta e que pelo apertar de um botão lhe dispensa sua bala favorita. Ele vai rir e julgar você pela sua atitude profana. Ele quer um compromisso de doação (Gn 28:22). Ele quer ver o seu sacrifício, que é muito mais do que uma pequena dádiva como amostra (IICo 8:1-4).

Outro homem diria, “Eu não posso me dar ao luxo de contribuir.” Este é o cúmulo da tolice – na verdade você não pode se dar ao luxo de não contribuir. Você vai escavar uma saída do buraco financeiro em que você se meteu, enganando ao Senhor? Ah! Se você vai esperar até o momento que o contribuir não é sacrifício, isto não significa nada para o Senhor. O Senhor recompensou a mulher viúva que deu duas pequenas moedas, pois era tudo que ela ainda tinha.

Estes homens são incrédulos. Eles pensam que são sábios ao protegerem suas receitas para poderem progredir. Ah! Proteção e bênção só vêm de Deus (Pv 21:31; Sl 4:8). O Deus vivo e verdadeiro pode preparar e abastar uma mesa no deserto, e se você duvida disto você está condenado (Sl 78:10-33). Se você retém o seu dinheiro, você vai se tornar pobre; se você der a Ele parte daquilo que você pensa que vai precisar, Ele o abençoará (Pv 11:24-25).

A recompensa do seu provérbio é obtida pela obediência ao provérbio anterior (Pv 3:9). A doação de algumas moedas na caixa de oferta não é uma forma de honrar a Deus; dar daquilo que lhe sobra depois que você pagou as suas despesas não é dar das suas primícias; prometendo dar a Deus se ele o abençoar não é uma forma de honrar a Deus; dar depois de sua declaração de imposto de renda também não é o dar das suas primícias. Examine o seu coração, leitor.

O SENHOR Deus é dono do gado que está sobre milhares de campos e tudo o mais também (Sl 50:10-12). Ele é capaz de suprir todas as tuas necessidades de acordo com a Sua riqueza em glória (Fp 4:19). Se você achar que dar algumas moedas é difícil, então pense no sacrifício que Jesus fez por pecadores. Ele foi recompensado? A Ele foi dada grande glória, plenitude de alegria e prazeres para sempre à mão direita de Deus (Fp 2:5-11; Sl 16:9-11; Hb 12:2)! Que Deus seja verdadeiro!

noticias doidas