Rondônia - 27 de Maio de 2018
Home / Notícias / Brasil / Plano de Desenvolvimento Sustentável torna Rondônia parâmetro para todo o país

Plano de Desenvolvimento Sustentável torna Rondônia parâmetro para todo o país

plano-de-desenvolvimento-sustentavel-torna-rondonia-parametro-para-todo-o-pais540x304_08273aicitono_1a5uterc1ns91god1fib1gig1m97a

Primeiro estado a apresentar o Plano de Desenvolvimento Sustentável (PDES), Rondônia passou a ser referência para restante do país, disse, nesta segunda—feira (07), Maria Tereza Teixeira, representante do Ministério da Integração Nacional, que veio a Rondônia como representante do ministro Gilberto Occhi. O planejamento, lançado no auditório do Tribunal de Contas, em Porto Velho, estabelece metas para os próximos 15 anos, levando em conta três pilares que são: prosperidade econômica, qualidade ambiental e justiça social.

O PDES é o resultado de parceria entre os governos estadual e federal e será devidamente explicado até sexta-feira (11), também no auditório do Tribunal de Contas, onde ocorre a Semana Estadual do Desenvolvimento Sustentável.

O governador Confúcio Moura disse no evento que é comum, no país, cada governante fazer um planejamento, que acaba ignorado pelo sucessor, que por sua vez faz outro, que também será ignorado na administração seguinte. Segundo ele, é um dos problemas do Brasil, cujo modelo federativo está exaurido e não agrada a nenhum setor da sociedade.

Confúcio propôs que se comece debater sobre o que fazer para que a crise não chegue e indicou que a solução está em Rondônia, de onde devem sair boas ideias que se contraponham ao modelo desgastado existente.

SABEDORIA DAS RUAS

O PDES, segundo o governador, deve incorporar a sabedoria que vem das ruas, do povo, que deve participar da condução dos seus destinos. Ele ainda defendeu que as preocupações se voltem para setores como a agricultura familiar e os adolescentes que estão fora de sala de aula, sem perspectivas.

O secretário estadual do Planejamento, Orçamento e Gestão, Georde Alessandro Braga, explicou que o PDES é o instrumento norteador das políticas de desenvolvimento sustentável, resultado de dois anos de estudos que mobilizaram todas as secretarias de estado.

O documento, conforme Braga, inclui a análise das potencialidades regionais e o resultado de audiências públicas em que a sociedade teve oportunidade de se manifestar. “Os próximos governantes terão um caminho a seguir. É um avanço, pois o Brasil planeja pouco e planeja mal”, afirmou.

O superintendente da Sudam (Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia) Paulo Roberto Correa da Silva, também veio a Porto Velho para participar do lançamento do PDES. Ele disse que Rondônia passa a ser parâmetro pelas iniciativas adotadas e que o órgão que dirige espera poder contribuir ainda mais com o desenvolvimento regional. O vice-presidente da Federação das Indústrias de Rondônia (Fiero) Adélio Barofaldi apresentou demandas do setor e parabenizou o governo estadual pelas providencias adotadas.

Fonte: Jornal Rondônia Vip