Home / Notícias / Colunas / Andréia Perioto / FAÇA GUERRA – POR ANDRÉIA PERIOTO

FAÇA GUERRA – POR ANDRÉIA PERIOTO

guerrero-880x400

Em Isaías 59:2 diz assim:

“Mas as suas maldades separaram vocês do seu Deus; os seus pecados esconderam de vocês o rosto d’Ele, e por isso ele não os ouvirá”

Todo tipo de pecado nos afasta de Deus, assim como diz no texto acima. Mas afinal de contas, qual a definição exata do que é pecado em meio a tantas coisas que ouvimos?

 

Segundo a enciclopédia Livre Wikipédia o termo pecado é comumente

utilizado em contexto religioso para descrever qualquer desobediência à vontade de Deus; em especial, qualquer desconsideração deliberada de leis divinas.

No hebraico e no grego comum, as formas verbais (em hebr. hhatá; em gr. hamartáno)

significam “errar”, no sentido de errar ou não atingir um alvo, ideal ou padrão.

Em latim, o termo é vertido por peccátu.

Porém na própria Bíblia encontramos sua exata definição:

“Todo aquele que pratica o pecado transgride a Lei; de fato, o pecado é a transgressão da Lei.”

 

 

1 João 3:4.

A base de definição ou de vida quanto ao pecado está 100% baseada e firmada nas escrituras, PECADO é todo tipo de quebra de princípios bíblicos, se faço o que a bíblia não diz pra fazer, ou se não faço aquilo que a bíblia diz pra fazer, estou pecando. O pecado não está ligado a dogmas ou doutrinas humanas, colocando o que pode ou não, PECADO é a desobediência da Palavra, consciente ou inconscientemente. Muitas vezes colocamos jugos desnecessários, aprisionamos vidas através de nossos conceitos, a definição do pecado não veio como uma regra de pode ou não pode, não veio para nos proibir de fazer aquilo que é bom, ela veio para nos libertar, veio para evitar desastres e sofrimentos futuros. As escolhas fazem quem somos. Muitas vezes o “nada a ver” poderá nos levar para um caminho de perdição. Um dos piores pensamentos é o de achar que somos forte demais, e que nunca iremos cair nas tentações que surgem em nossa vida.

E é nesse ponto que entra a GUERRA!

Temos que estar todos os dias preparados para enfrentar uma guerra, GUERRA contra o pecado, todo pecado é bom em sua prática, nos satisfaz em nossas necessidades carnais, em nossos desejos secretos, nos dá prazer momentâneo, e na maioria das vezes problemas que se arrastam por dias, meses, anos… E sem mudança de comportamento, sem arrependimento nos levará a ter problemas eternos, mas precisamos saber que nossa guerra não é carnal, mas sim uma guerra contra o pecado.

É necessário fugir de tudo aquilo que tira o seu foco de Deus, que nos afasta de adorá-lo.

Temos que estar prontos para não cair na tentações, estar prontos para dizer  NÃO a tudo o que vem com boa aparência mas que no final é destruição, estar pronto para dizer: eu sou filho(a) de Deus e o pecado não vai me dominar. Quando pecamos, temos livre acesso ao Pai, e podemos pedir perdão, mas é claro, se esse pecado for algo que vemos como impossível de parar, peçamos ajuda ao Pai, peçamos para Ele nos ajudar a lutar contra esse pecado. Ele vai ajudar!!!

Precisamos resistir ao pecado,  lembrar sempre que maior é Aquele que está em nós do que o que está no mundo. Somos mais do que vencedores e vamos vencer nossas guerras, mas é necessário lutar contra o pecado. Sem luta não há vitória!

Temos que viver uma vida de santidade, isso define nosso futuro eterno, aqui uma vida de renuncia, onde muitas vezes parece que estamos perdendo, na eternidade uma vida de gozo e suprema paz, onde receberemos a coroa da vitória e veremos que tudo valeu a pena.

Se quisermos fazer guerra contra o pecado, precisamos entender que quanto mais próximo estivermos da aparência do mal (I Ts 5:22), mais próximo estamos de cometer o pecado. Seu limite não é quando chegar à beira do abismo, pois nesse momento pode ser tarde demais para prevenir uma queda, a sabedoria está em saber quais são nossas fraquezas, e nos manter longe delas.

Pra vencer essa guerra, temos que estar bem preparados e treinados por um general que já venceu e está pronto a nos ajudar a vencer. Somente JESUS CRISTO no controle de nossas vidas pode nos fazer vencer.

Precisamos ler muito mais a bíblia, muito mais do que acessar o facebook, orar desesperadamente, pois a oração é nosso meio de sobrevivência, andar com pessoas que irão nos aproximar de Deus, envolver-nos nas coisas da igreja. Nós temos um chamado! Tomar decisões radicais, arrancar da nossa vida comportamentos, pensamentos e atitudes que nos afastam de Deus.

Lembre-se: decisões radicais trazem resultados sobrenaturais. FAÇA GUERRA!

Você é mais que vencedor.

Deus o abençoe.

Por: ANDRÉIA PERIOTO