Home / Notícias / Mundo / Acesso à internet já está presente em quase 70% do País

Acesso à internet já está presente em quase 70% do País

540x304_23873aicitono_1a6g8aojqh2ts2b701a911fk6a

O acesso à internet no Brasil, medido pela presença de provedores no País, cresceu 43,6% entre 2006 e 2014 e agora está presente em 65,5% das cidades brasileiras, segundo o Suplemento de Cultura do Perfil dos Estados e Municípios Brasileiros (Estadic/Munic) 2014, divulgado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) nesta segunda-feira (14).

Em 2006, menos da metade das cidades do País (45,6%) tinham provedores de internet e, em 2014, 65,5% dos municípios.

Outro dado que reforça a expansão da internet no País é a presença de lan houses, que passou de 80,7% das cidades do País, em 2012, para 82,4% no ano passado. Em outras palavras, oito em cada dez municípios brasileiros têm lan houses.

Leia mais notícias de Brasil e Política

O levantamento apresenta dados sobre as atividades culturais (inclusive audiovisuais) incentivadas pelas administrações estaduais e municipais, os equipamentos culturais e meios de comunicação existentes nos municípios (de 2006 a 2014 e retornando até 1999 em alguns casos), as atividades artísticas e culturais mais frequentemente encontradas nos municípios e a estrutura administrativa dos órgãos responsáveis pelo setor, entre outras informações.

Rádio e TV

A TV aberta também ampliou presença no território brasileiro: em 2006, 95,2% dos municípios tinham televisão com os canais tradicionais, enquanto, em 2014, esse percentual subiu para 99,9%.

Ao mesmo tempo, o IBGE destaca o papel das rádios para a população brasileira. As rádios comunitárias estavam em 64,1% das cidades brasileiras em 2014 — leve crescimento em relação a 2012, quando 59,3% das cidades tinham esses equipamentos.

Segundo o instituto, “as rádios, em suas diferentes formas, continuaram a ter uma grande importância na audiência da população brasileira”.

— Note-se a importância da rádio comunitária nos municípios (64,1%) frente à televisão comunitária (3,5%) em 2014: a produção e a transmissão de som por meio de uma rádio comunitária é 18,3 vezes maior do que a produção e a transmissão de imagem por uma televisão comunitária nos municípios do País.

Fonte: Jornal Rondônia Vip