Rondônia - 21 de outubro de 2018
Home / Notícias / Brasil / Brasileiros estão insatisfeitos com planos de saúde

Brasileiros estão insatisfeitos com planos de saúde

Brasileiros esto insatisfeitos com planos de sade

Uma pesquisa mostrou por que o brasileiro anda tão insatisfeito com o plano de saúde. E não é para menos. Conseguir uma simples consulta pode levar até seis meses. O cliente paga, mas não escapa da fila da saúde.

Isso porque existem regras claras da Agência Nacional de Saúde com prazos de sete até 21 dias úteis para marcação de consultas, com previsão de multa. A pesquisa mostrou que as regras não são cumpridas pelos planos. E os clientes reclamam dos preços altos e da burocracia para conseguir atendimento.

Foi essa insatisfação que uma pesquisa feita pelo Conselho Federal de Medicina identificou ao ouvir quem tem plano de saúde. Hoje, cerca de 50 milhões de brasileiros pagam por um plano de saúde. Na pesquisa, 42% dos entrevistados disseram que os serviços oferecidos pelas operadoras são regulares, ruins e péssimos.

Entre os itens que geram maior insatisfação dos usuários está o aspecto financeiro, como o alto valor da mensalidade.

Outras queixas foram: a recusa do plano em atender procedimentos solicitados pelos médicos; a falta de uma política de oferta de medicamentos; o baixo valor do reembolso de gastos com consultas, exames e procedimentos. Além disso, 17% dos entrevistados estão aguardando marcação ou realização de consulta, exame ou cirurgia pelo plano de saúde. Para 88% de quem está aguardando, a espera pode variar de um a seis meses.

A Agência Nacional de Saúde não quis comentar a pesquisa porque não teve acesso aos dados. A ANS disse que na última avaliação recebeu quase 30 mil reclamações dos clientes e que a maioria dos casos foi resolvida.

A Abramge, associação que representa os planos de saúde, discorda da pesquisa e diz que um levantamento feito pelo IBGE mostrou que mais de 70% dos clientes de planos de saúde estavam satisfeitos com os serviços prestados.

Fonte: G1