Home / Notícias / Esportes / Messi elogia Neymar e quer Mundial para coroar “ano inesquecível”

Messi elogia Neymar e quer Mundial para coroar “ano inesquecível”

C609269F3BF2CE5663F1FEAA8D586DF7

O Barcelona já está no Japão para a estreia no Mundial de Clubes e treina para a estreia na quinta-feira, às 8h30 (horário de Brasília) contra o Guangzhou Evergrande, da China. A competição é prioridade para o clube catalão, líder do Campeonato Espanhol e vencedor de todas as competições que disputou na temporada 2014-2015. O time do técnico Luis Enrique é franco favorito para levantar a taça, feito que não conquista desde 2011, quando goleou o Santos por 4 a 0 na final. Santos aquele que ainda contava com Neymar, hoje no Barça e que ganhou elogios de Messi na entrevista que o argentino deu ao site da FIFA. “Sou testemunha de seu enorme crescimento, tanto como jogador quanto como pessoa. Neymar já era um grande jogador naquela época e hoje é muito mais completo. A verdade é que é um prazer e um privilégio tê-lo ao nosso lado agora.”

O início da trajetória do atual campeão da Champions League no torneio será contra o chinês Guangzhou Evergrande, time dos brasileiros Paulinho, ex-Corinthians, e Robinho, ex-Santos, treinado por Luis Felipe Scolari. A equipe eliminou o favorito América do México no domingo e se classificou para a semifinal histórica. O Guangzhou está invicto desde que Felipão assumiu a equipe, em maio. São 28 jogos sem derrotas, mas o treinador está ciente de que uma vitória sobre o Barcelona ainda é um feito complicado de ser alcançado. “É uma das três melhores equipes do mundo. Eles são favoritos, mas vou mostrar para os meus jogadores que podemos enfrentá-los. Se perdermos, eles continuarão recebendo meu carinho e meus cumprimentos pelo que fizeram até aqui. Os jogadores estão de parabéns”.

Para Messi, passar pelo Guangzhou é o primeiro passo para coroar um ano histórico para o Barça. “Tivemos um ano impressionante. Quando ganhamos tudo com Guardiola (em 2009) parecia que aquilo seria impossível de repetir. E aqui estamos. Agora o que nos resta é terminar o ano da melhor maneira possível para que seja inesquecível”.

Apesar de ainda precisar jogar a semifinal, o Barça também está de olho no River Plate, provável rival da final, no domingo. Messi, que quase foi parar no River quando era jovem, prevê um bom jogo contra os compatriotas caso ambos cheguem à decisão. “Na minha carreira só joguei uma vez contra um clube argentino e foi precisamente na final do Mundial de 2009 contra o Estudiantes. Foi uma partida muito dura, passamos boa parte do jogo atrás do placar, conseguimos o empate no final e vencemos na prorrogação. Me sinto motivado para jogar contra o River porque é um time grande, conhecido mundialmente”.

Fonte: Goal