Rondônia - 20 de agosto de 2018
Home / Notícias / Esportes / Messi responde críticos: Não canto o hino Argentino de propósito

Messi responde críticos: Não canto o hino Argentino de propósito

alx_esporte-futebol-20150704-0014_original

Craque do Barcelona se diz magoado com as constantes críticas que sofre em seu país, mas garante seguirá defendendo a seleção argentina

Ídolo máximo no Barcelona, Lionel Messi não é tão bajulado na Argentina como é na Catalunha. Alvo de muitas críticas tanto da imprensa quanto dos torcedores, o craque afirmou não cantar o hino argentino justamente em resposta a todos os seus detratores. “Não canto de propósito. Se você não mudar nada, a estupidez não vai embora. Cada um vive de uma maneira. Os Pumas (apelido da seleção argentina de rúgbi) choram na hora do hino, nós, não”, desabafou Messi em entrevista ao canal TyC Sports, de seu país.

Messi sofre com a falta de títulos pelo seu país. Só conquistou o ouro olímpico em Pequim-2008 e recentemente perdeu duas decisões com a sua seleção, as finais da Copa do Mundo e da Copa América. “Chegamos à duas finais, mas foi como se não tivéssemos feito nada. Seguimos escutando críticas. Não ganhamos, mas não perdemos nas oitavas”, desabafou Messi, em meio a palavrões.

O favorito a conquistar à Bola de Ouro da Fifa reclamou das críticas sobre “falta de raça” e garantiu que defenderá o time na Copa América Centenário, em 2016, nos Estados Unidos. “Escuto que não temos amor à camisa, que não jogamos com raça. Não se trata só de ter raça. Te criticam sem pensar em nada. Somos os primeiros a querer ganhar e festejar. Em uma partida acontecem situações diferentes. Tudo que jogo com a seleção é prioridade. Quero ganhar algo pela seleção. A Copa América vai ser linda, com condições espetaculares”.

Ainda neste ano, Messi lutará por seu terceiro título do Mundial de Clubes pelo Barcelona. O time desembarcou nesta segunda-feira em Narita, no subúrbio de Tóquio, e foi recebido por centenas de fãs japoneses.

Fonte: clicknoticias