Rondônia - 23 de outubro de 2018
Home / Notícias / Religião / Estudos de Provérbios / Provérbios 15:16 – Melhor é o pouco com o temor do Senhor do que um grande tesouro onde há inquietação

Provérbios 15:16 – Melhor é o pouco com o temor do Senhor do que um grande tesouro onde há inquietação

Acerte as suas prioridades! Salomão, que provou tudo que a vida poderia oferecer, comparou certas coisas para nós, para que pudéssemos evitar o embaraço e a dor das prioridades erradas. O que é melhor – ser pobre com o temor do SENHOR, ou ser rico sem o temor? A resposta é simples! Faça do temor do SENHOR a coisa mais importante na sua vida, pois nesse temor há grande recompensa e salvará você de problemas. Em outras palavras, “Mas é grande ganho a piedade com contentamento.” (ITm 6:6).

Quem se importa com o que tem no banco, se você conhece o Deus vivo e o Seu Filho Jesus Cristo? Não importa o que nós comemos ou vestimos, ou onde moramos! O temor do SENHOR é uma dádiva do céu para a sua alma, pois o mundo não tem temor algum (Rm 3:18). Milhares e milhares de mártires foram queimados lenta e dolorosamente na fogueira com grande esperança e paz, pois os seus corações estavam cheios do temor do SENHOR. Eles não se curvariam a nenhum homem, não confessariam qualquer heresia, nem defraudariam o Salvador ou as Suas escrituras, nem mesmo por um jota ou um til de glória.

Qual foi a conclusão de Salomão depois de experimentar todos os meios possíveis de obter a felicidade humana e o objetivo na vida? Leia, “Teme a Deus e guarda os seus mandamentos; porque este é o dever de todo homem.” (Ec 12:13). Não deveria haver nenhuma dúvida em sua mente. Esta é a coisa mais importante para você achar e guardar.

Isto não é um medo servil de ansiedade miserável e de intimidação debilitante – ao contrário, é uma reverência de nos deixar boquiabertos e uma afeição avassaladora pelo abençoado e glorioso Deus que enche a alma de alegria confiante. Este temor nos leva a um ódio mortal do pecado e um desejo apaixonado por santidade.

Esse temor causa um tremer sóbrio diante da Sua abençoada palavra e um ansioso desejo de aprender mais. Conduz-nos a uma vida de santidade e amor com frutos que o mundo jamais pode produzir.

A verdadeira questão aqui é o fruto resultante de temer a Deus – uma santa maneira de viver em verdade e sabedoria. Preste atenção ao contraste da “inquietação”. E compare as seguintes declarações semelhantes: “Melhor é o pouco com justiça do que a abundância de colheita com injustiça.” (Pv 16:8). “Melhor é o pobre que anda na sua sinceridade do que o de caminhos perversos, ainda que seja rico.” (Pv 28:6). “Vale mais o pouco que tem o justo do que as riquezas de muitos ímpios.” (Sl 37:16). Temer a Deus trará paz e alegria, confiança e contentamento e todas as bênçãos celestiais (Pv 10:22; Sl 112:1-3; Sl 115:13; Sl 128:1-6; Sl 147:11; Sl 145:19).

É líquido e certo! Que mais você poderia desejar? Um tesouro por si só é vaidade e opressão de espírito, como descrito detalhadamente no livro de Eclesiastes; mas é ainda mais verdadeiro os problemas que advirão por não temer ao Senhor (Pv 12:21; 19:23).

Até a pobreza pode ser bom, se você teme ao Senhor. Se tudo isto é verdade, e é; tome então grande cuidado para só se casar com alguém que teme ao SENHOR (Pv 31:30).