Home / Notícias / Brasil / Bloqueio do WhatsApp teria relação com investigação criminal em SP

Bloqueio do WhatsApp teria relação com investigação criminal em SP

bloqueio-do-whatsapp-teria-relacao-com-investigacao-criminal-em-sp540x304_78183aicitono_1a6nu27n3i9f123s1pun1l2s19qga

Segundo informações do site Gizmodo, a proibição temporária do WhatsApp no país decorre de um processo de investigação judicial em São Paulo relacionado a um indivíduo acusado de latrocínio, tráfico de drogas e de ter ligação com uma facção criminosa de São Paulo.

Ainda de acordo com o site, o bloqueio acontece porque a polícia pediu ao Facebook, que é o dono do aplicativo, os dados de usuários do WhatsApp para investigar. O pedido, feito na 1ª Vara Criminal de São Bernardo do Campo, virou uma notificação judicial e não foi respondido.

Sem resposta, o Ministério Público, recorreu ao Marco Civil e solicitou o bloqueio dos serviços por 48 horas.

O TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo) não dá detalhes do processo, que corre em sigilo, mas o site Gizmodo Brasil revela em reportagem que teve acesso a um documento enviado às operadoras. Nele, é citado que a decisão tem relação com investigação de “facções criminosas”.

Fonte: Bol