Home / Notícias / Brasil / Dilma prostitui ministérios para barrar impeachment

Dilma prostitui ministérios para barrar impeachment

A prostituição de ministérios sempre existiu e esta arma será muito usada neste momento crítico do Governo Dilma Rousseff.
dilma e renan by jose cruz abr.jpg

A presidente Dilma já começou a negociar com o aliado Renan Calheiros um novo ministério em que será marcante a influência do Senado. É a consequência da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que condiciona à aprovação dos senadores o afastamento da presidente por 180 dias, para posterior julgamento. Para se garantir no cargo, bastará a Dilma entregar todo o governo ao Senado.

O vice Itamar Franco entregou seu governo provisório de 180 dias a senadores que julgariam Fernando Collor ou a indicados deles.

Com Michel Temer e Eduardo Cunha fora, Renan Calheiros é o aliado principal de Dilma no PMDB. Ela pagará um preço elevado por isso.

Além dos cargos e do mando no governo Dilma, Renan também exige que Dilma atenda os pedidos de dinheiro do governo de Alagoas.

Líderes de oposição não o admitem em público, mas já dão como “inviável” o impeachment, apesar da vontade da maioria da população. Leia mais na Coluna Cláudio Humberto