Rondônia - 18 de novembro de 2018
Home / Notícias / Norte / Rondônia / Pesquisa: 78 por cento dos rondonienses estão satisfeitos

Pesquisa: 78 por cento dos rondonienses estão satisfeitos

pesquisa-78-por-cento-dos-rondonienses-estao-satisfeitos540x304_91583aicitono_1a74pqoal5j4dti1854d1o1r21a

Na maioria dos Estados brasileiros, as pesquisas têm sido extremamente pessimistas, em relação ao sentimento de esperança da população. Principalmente neste último ano, quando em várias regiões do país, a crise só tem aumentado. Mas há uma exceção à regra. Em Rondônia, pesquisa concluída na semana passada, mostra um número alentador: 78 por cento dos moradores dessa terra abençoada de Rondon, se dizem muito satisfeitos em viver por aqui. Na mesma esteira, a pesquisa feita em 45 cidades, deram ao governador Confúcio Moura, quase 65 por cento de aprovação. É o segundo, em termos de aprovação, de todo o país. Perde apenas para o catarinense Raimundo Colombo, que beira os 70 por cento. O 2015, que foi um ano no geral muito ruim para a maioria dos brasileiros, ao contrário, está terminando bastante positivo para Rondônia. Enquanto os números apontam que nosso PIB nacional pode despencar em pelo menos 3 pontos negativos, nosso Estado terá um crescimento real de 3,5 a 4 por cento. Ou seja, na matemática do negativo e do positivo, vamos chegar a 6,5 por cento a mais do que os números nacionais.

Há muitas explicações para isso. O nosso agronegócio deu um salto. As exportações de carne (foto), então, nem se fala! O trabalho duro do Governo em apertas os cintos, para poder terminar o ano no azul, certamente também ajudou muito para todo esse resultado positivo. Some-se a isso a entrega de centenas e centenas de habitações populares; de obras entregues em várias cidades, principalmente na parceria de asfaltamento e tem-se aí questões que merecem ser destacadas. Somos ainda um pedaço muito pequeno e ainda pobre do Brasil. Mas, nesse momento, é importante que se registre, Rondônia está sendo exemplo positivo para o país em muitas questões. Tomara que em 2016 continuemos assim!

O PERIGO É A MINORIA

Quase 750 presidiários (agora são apelidados pela linguagem do politicamente correto, criada para tentar mudar a vida real e determinar um linguajar fictício), de “reeducandos”, serão soltos neste Natal, em Rondônia. Em Vilhena, por exemplo, de 105 presos do regime semiaberto, 95 terão direito ao benefício. Só em Porto Velho, em torno de 480 detentos também serão soltos no Natal. A verdade é que a grande maioria cumpre rigorosamente as exigências da lei e volta ao cumprimento da pena, dentro do prazo determinado. O problema é a minoria! Esses sim, são os grandes perigos para a sociedade.

ENXUGANDO GELO

Ao comentar os pesados investimentos na saúde, durante este ano, Confúcio Moura destacou ações importantes, como a inauguração do Hospital de Urgência e Emergência de Cacoal; mais de 730 milhões de investimentos e obras, melhorias e inovações; criação e mais 458 leitos nos hospitais do Estado; o programa de atendimento a doentes em casa, com 150 pessoas beneficiadas. Para Confúcio, contudo, o maior problema do setor é a falta de financiamento e de apoio federal. A verdade é que por mais que se faça na saúde pública, ela está tão ruim que pouco melhora!

TROCA TROCA

Começa nos próximos dias, tão logo terminem as festas de final de ano, um verdadeiro troca-troca de partidos. Alguns deputados e vereadores estão com um pé fora da sigla pelas quais se elegeram. Na Assembleia, é certo que Maurão de Carvalho cai fora do PP. Ele tem convites de todos os lados. Está estudando qual o melhor cainho. Ribamar Araújo também sai, mas do PT. Vai para um dos seis partidos que o convidaram. Na Câmara Municipal, o presidente Jurandir Bengala deve seguir os passos de Ribamar, de quem é aliado de primeira hora. Outro vereador que vai trocar e camisa é Macário Barros, que sai do PSB e vai para o PTB.

CASA NOVA

Prioridade total: no ano que vem, a grande meta do presidente da Assembleia, Maurão de Carvalho, é concluir as obras do edifício que vai abrigar o Legislativo. Faltam detalhes importantes, como o sistema de ar condicionado, mas a maior parte da obra está praticamente pronta. O prédio, que será chamado de Palácio Madeira-Mamoré, vai abrigar todos os serviços da ALE num só lugar e inda destinará parte do estacionamento para o Tribunal de Justiça. Se tudo ocorrer conforme o previsto, no segundo semestre de 2016. Maurão vi entrar para a História, como o presidente que inaugurou casa nova do legislativo rondoniense.

MAIS GENTE PELA MACONHA!

Passeata a favor da maconha sempre tem um público razoável e uma cobertura da imprensa bastante razoável. S protestos e defesa da vida, ah!, aí tudo é diferente. E Porto Alegre, neste último domingo, apenas 30 pessoas fora a um encontro em frente à Assembleia Legislativa, para pedir a liberação da Fosfoetalonamina sintética, para tratamento do câncer. O assunto interessa a todos os doentes de câncer no Brasil inteiro e seus familiares, mas n hora de exigir que ele seja liberado pela Anvisa, apenas alguns gatos pingados participam. Em Rondônia, quem mais está lutando para que o novo medicamento seja entregue imediatamente aos doentes, é o senador Ivo Cassol.

PERGUNTINHA

A poucas horas de começar a distribuição dos presentes de Natal e da ceia em família, dá para se prever se o saco do Papai Noel estará cheio ou vazio, este ano?

Fonte: Sergio Pires