Rondônia - 21 de outubro de 2018
Home / Notícias / Brasil / Marcos Lula fala sobre arranhão no prestígio do pai

Marcos Lula fala sobre arranhão no prestígio do pai

201611162314.jpgO envolvimento de integrantes da família de Luiz Inácio Lula da Silva nas investigações da operações Lava Jato e Zelotes arranhou o prestígio do ex-presidente junto à população. A afirmação foi do vereador de São Bernardo Marcos Lula (PT), filho do cacique petista, que admitiu também mancha aos demais nomes da família e ao PT.

“De uma certa maneira arranhou a imagem. Porém, acho que será tudo superado, a partir de 2016, com as coisas no País se equilibrando e voltando ao normal”, disse o parlamentar.

No ano passado, a PF (Polícia Federal) expediu convocou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva a prestar depoimento na Operação Zelotes sobre o suposto esquema de compra de MPs (Medidas Provisórias) editadas em seu governo e no da presidente Dilma Rousseff (PT). Lula nega envolvimento.

Paralelamente, um dos irmãos de Marcos, Luís Claudio Lula da Silva, passou a ser investigado por suposto recebimento de R$ 2,5 milhões da Marcondes & Mautoni, consultoria contratada por montadoras de veículos para fazer o lobby pelas MPs, por meio de sua empresa, a LFT Marketing Esportivo. Há suspeitas de que o dinheiro seja pagamento pela edição das normas.

Estreante no Legislativo de São Bernardo e com atuação caracterizada pela descrição, Marcos Lula engrossa o tom ao defender à família, garantindo que as aparições nas investigações são motivadas por política, destacando também “perseguição ao PT”, embora não tenha sequer um discurso na tribuna para enfatizar idoneidade da família e do partido.

“Tudo isso na verdade (investigação) é muito político. Está muito na cara. Se pegarmos um exemplo contra o PT é o do (senador) Delcídio (do Amaral), que foi preso por atrapalhar as investigações. O (Eduardo) Cunha (do PMDB e presidente da Câmara dos Deputados) fez piores entraves e não aconteceu nada”, criticou.

Em relação ao convívio com Lula, Marcos, que é o filho adotivo do ex-presidente Lula – fruto do primeiro casamento da ex-primeira-dama do Palácio do Planalto Marisa Letícia – garantiu que ambiente tranquilo dentro da família Lula.

“Meu pai nos diz que temos de viver normalmente, fazer o que for necessário, lembrando que é investigado há 30 anos e nunca foi comprovado nada de irregular. Sempre ando na rua com tranquilidade. E é isso que ele fala para continuarmos fazendo e com a estrela do PT no peito”, pontuou.

Fonte: Diário do ABC