Rondônia - 16 de agosto de 2018
Home / Notícias / Centro-Oeste / PM confirma 27 prisões em sete dias no garimpo ilegal de Pontes e Lacerda

PM confirma 27 prisões em sete dias no garimpo ilegal de Pontes e Lacerda

extracao(1)

Pontes e Lacerda, MT – A Polícia Militar confirma 27 prisões garimpo ilegal na Serra do Caldeirão e da Borda, em Pontes e Lacerda, durante a semana passada – entre segunda (4) e domingo (10). As prisões em flagrante foram por invasão de propriedade e crime ambiental. Elas fazem parte da estratégia do Governo para esvaziar o local.

De acordo com informações da Polícia Militar, foram apreendidos equipamentos, como detector de metais, materiais de perfuração e um veículo. Todos os presos foram encaminhados a Delegacia de Polícia Federal em Cáceres.

O Governo do Estado disse que acata a decisão judicial para desocupação e isolamento do local em conjunto com a União. Isso após o Ministério Público Federal e Estadual criticarem a omissão, principalmente da União, perante a ocupação ilegal no garimpo da Serra do Caldeirão, no município de Pontes e Lacerda (448 km de Cuiabá).

De acordo com o MP, estava agravando a situação de violação dos direitos humanos. A ordem judicial é decorrente de ação civil pública ajuizada pelo Ministério Público Federal e Ministério Público Estadual.

De acordo com o documento, União e Estado tem o prazo de 15 dias, determinado pela Justiça Federal, para apresentar plano com medidas concretas e eficazes para desocupação e isolamento da área onde se instalou o garimpo ilegal, bem como medidas para manutenção da força de segurança na área de forma a evitar que a desocupação seja inócua com retorno dos garimpeiros.

Fonte: Olher Direto