Rondônia - 23 de Maio de 2018
Home / Notícias / Norte / Rondônia / Ariquemes / Ariquemes terá mais 22 câmeras de segurança

Ariquemes terá mais 22 câmeras de segurança

ariquemes-tera-mais-22-cameras-de-seguranca540x304_86104aicitono_1a9ct3s9670d1gl01bn51ufgutaa

Com o objetivo de ampliar os pontos auxiliando, contudo, os órgãos de segurança, 22 novas câmeras de videomonitoramento estão sendo instaladas esta semana, nos principais pontos da cidade destacados como áreas de grande abrangência e movimentação, para captação diária das imagens em que foram instaladas.

Conforme a apresentação técnica do diretor do DTI da prefeitura, atualmente o município mantém ativas 11 câmeras de monitoramento, sendo que o projeto de expansão é para implantar 22 novas unidades em vários pontos estratégicos. Os órgãos de segurança irão auxiliar o município na escolha destes novos pontos para serem instaladas as câmeras. Ao todo já contabilizam-se 33 câmeras que funcionam 24 horas de monitoramento.

O objetivo da prefeitura é auxiliar os órgãos de segurança em eventuais situações, desde acidentes de trânsito, até soluções para assaltos, roubos, ou identificação e localização de suspeitos de crimes.

“O sistema atual já tem ajudado em várias situações e ocorrências, sendo que esta ampliação do sistema, definindo pontos estratégicos, como entradas de bairros, ou entradas e saídas da cidade, serão novas ferramentas para garantir uma maior segurança aos cidadãos”, expôs capitão Levi, secretário municipal de Segurança e Trânsito.

Essas câmeras possuem diversos recursos, tal como, o zoom, que possibilita aproximar a imagem para captar detalhes de condutores e pedestres e placas de veículos. Elas possibilitam um monitoramento de grande abrangência, pois giram 360º. “Alguns empresários já estão adquirindo câmeras de segurança para seus estabelecimentos e nós oferecemos sinal digital. Pretendemos com a aquisição dessas novas câmeras diminuir o índice de criminalidade na região”, disse capitão Levi.

Gravação

As imagens gravadas ficam armazenadas na Central durante 15 dias e, após esse período, são armazenadas no banco de dados da prefeitura. A Central de Monitoramento está sendo operada em conjunto pela Guarda Municipal e Polícia Militar realizando o acompanhamento das ocorrências em tempo real também em parceria com a Polícia Civil.

Fonte:Diário da Amazônia