Home / Notícias / Brasil / Obras olímpicas já mataram mais do que em todas da Copa 2014

Obras olímpicas já mataram mais do que em todas da Copa 2014

obras-olimpicas-ja-mataram-mais-do-que-em-todas-da-copa-2014540x304_67774aicitono_1aha0phvsus1v0bb581c1v1r2aaNesta segunda-feira (26), a Superintendência Regional do Trabalho e Emprego do Rio de Janeiro divulgou um levantamento mostrando que 11 funcionários morreram em obras ligadas aos Jogos Olímpicos desde 2013. O número já é maior do que as oito vítimas das obras nas 12 cidades-sede da Copa do Mundo de 2014.

Três das onze vítimas morreram nas obras de extensão da linha 4 do metrô carioca, duas na construção do Parque Olímpico, outras duas nas obras do Museu da Imagem e Som e Museu do Amanhã e a restante em relação à reformas do transporte, na ampliação do Elevado do Joá, a Transolímpica, e na Supervia.

“Isso tudo foi causado por falta de planejamento, sem dúvida. É a correria na hora de concluir”, comentou Elaine Castilho, auditora que coordena a fiscalização. “Os operários não podem ter jornadas de trabalho exaustivas. Se isso acontecer, suspenderemos as obras”, afirmou o superintendente Robson Leite à .

Algumas obras chegaram a ser suspendidas por problemas como ausência de material de segurança e falhas no sistema elétrico. O superintendente ressaltou, também, que nos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012, não ocorreram mortes.
Fonte:Gazeta Esportiva