Rondônia - 20 de setembro de 2018
Home / Notícias / Famosos e Variedades / Zeca Pagodinho pede fazer selfie para filha com Anitta

Zeca Pagodinho pede fazer selfie para filha com Anitta

No samba é assim: todo mundo se encontra, bebe uma cerveja, faz um verso, forma uma roda. E, o melhor, sem preconceito: vale abraçar roqueiros e rappers, popozudas e poderosas. Foi nesse clima o encontro de Zeca Pagodinho e Anitta, nos bastidores do “Globo de Ouro”, do canal Viva, que homenageia o centenário do samba, gravado na Cidade das Artes. Ao ver a cantora, a primeira reação de Zeca foi gravar um vídeo para a filha, Maria Eduarda, de 12 anos.

— Vamos fazer um vídeo pra Duda? Uma selfie! Como é que mexe nisso aqui? — disse Zeca, pedindo ajuda com o celular: — Ela é sua fã!

Anitta mandou uma mensagem para Maria Eduarda e, em seguida, aproveitou para convidar Zeca para participar de seu programa no Multishow, “Música boa ao vivo”.

Anitta e Zeca Pagodinho: nos bastidores do programa
Anitta e Zeca Pagodinho: nos bastidores do programa Foto: Marcelo Tabach/Divulgação

— Um dia eu estava com minha filha no shopping e ela começou a apontar pra Anitta, que passou do lado. Na época, eu nem sabia quem era Anitta! — contou Zeca: — Você me desculpa, mas eu sou assim mesmo… Até pra saber quem eu sou, eu tenho que olhar no espelho todo dia!

Zeca pode ter demorado a reconhecer Anitta. Mas a cantora já o conhecia muito bem. O tio da morena, Capoeira, é da Velha Guarda do Império Serrano, e já tinha cantado com Pagodinho. Vem daí a relação antiga da funkeira com o gênero mais popular do Brasil.

— Quando eu era mais nova, meu pai me levava à gafieira. Eu adoro dançar samba. E cantar também — diz Anitta, que no “Globo de Ouro” vai interpretar o clássico “Sonho meu”: — Foi muito bom cantar uma música da Dona Ivone Lara. Ela e Cartola, para mim, são os maiores. E Dona Ivone foi uma pioneira. Hoje em dia, é um pouco mais fácil para as mulheres começarem a carreira, porque ela lutou muito.

Depois do encontro com Zeca, Anitta começou a pensar nos outros nomes da MPB que deseja conhecer.

— Como meu programa é de encontros, acabo realizando muitas dessas vontades. Mas ainda falta cantar com Caetano e Gil. Ah, e com Marisa Monte e Djavan também!

Nata do samba na TV

O “Globo de Ouro Palco Viva – Samba” será exibido em julho, com a nata do gênero relembrando grandes clássicos. Além disso, vários nomes da MPB foram convidados para se juntar ao time de bambas. Entre os encontros que o público vai ver, estão Jorge Aragão & Fundo de Quintal, Fernanda Abreu & Arlindo Cruz, Pedro Luís & Zélia Duncan, e Roberta Sá & Velha Guarda da Portela, com direito a sambadinha das pastoras de Madureira, que levaram o público ao delírio. Zeca Pagodinho cantou “Verdade”, “Faixa amarela” e “Vai vadiar”. Para o dueto com Maria Rita, a canção foi “Conselho”, que fez sucesso na voz de Almir Guineto.

— Essa não é do meu repertório, mas ouvi muito o Almir cantando nas rodas, nos pagodes que a gente frequentava — conta Zeca, que tem em Guineto uma de suas influências: — Aliás, nessa época, quando a gente estava começando, eu fui muito ao “Globo de Ouro”.

Dessa turma do samba que era habitué da parada de sucessos da TV Globo, também estarão de volta neste “remake” do canal Viva Beth Carvalho, Alcione, Elza Soares e Martinho da Vila. Da nova geração, virão Diogo Nogueira, Dudu Nobre e Teresa Cristina. Artistas de outros gêneros, como Erasmo Carlos, Preta Gil e Marcos Valle, também marcam presença. A nova edição do programa, que será apresentada por Cauã Reymond e Taís Araújo, terá ainda espaço para o samba-enredo (com Serjão Loroza e Xande de Pilares) e para o pagode (com Molejo e Thiaguinho).

Fonte: Extra