fbpx
32 C
Porto Velho
domingo, 16 junho 2019, 12:38

Boatos e invencionices não mudam a realidade: Dilma não volta

 

gurgacz - romário e elaColuna Opinião de Primeira, Por Sérgio Pires – Há quem imagine que com boatos, pitadas de imaginação e invencionices, pode-se mudar a realidade. Os exemplos estão aí, aos montes. No caso do impeachment da Presidente afastada, parte de seus seguidores (cada vez menos), vivendo no desespero de terem perdido a boquinha e a chave do cofre do dinheiro público e, ainda, alguns verdadeiramente apaixonados ideológicos, todos os dias tentam plantar uma novidade, que apontaria para a volta dela ao poder. Mesmo sabendo que isso não vai acontecer nem que a vaca tussa (usando uma expressão da própria Dilma, na campanha eleitoral), esse pessoal faz de conta que não sabe que a grande maioria quer ver mesmo tanto sua ex Presidente quanto o partido dela, a alguns anos luz de distância do nosso país. A última piada, nesse contexto, é de que “vários” senadores estariam pensando em mudar seu voto e optar pela volta de Dilma. São dois os nomes mais citados, entre muitos: o de Romário e o do rondoniense Acir Gurgacz. Não adiantam desmentidos dos dois, incluindo uma nota oficial de Gurgacz, negando qualquer  decisão de apoiar Dilma. A mídia de blogueiros e jornalistas ligados ao PT e que receberam milhões de reais do dinheiro público, ajudam a espalhar a boataria. Lutam, com todas as armas, incluindo a invenção e a mentira, para não perderem a grana que jorrou para eles no governo petista.

Dilma está fora do governo e não voltará a ele, não importa o que digam ou façam os que sabem o que vai acontecer a eles (investigação, devolução de dinheiro recebido ilegalmente, cadeia e etc…), quando o tapete for todo levantado. Além dos partidários petistas e alguns poucos aliados, nenhum senador terá coragem de apoiar um governo putrefato, que quase destruiu o país. Não importa o que inventem, escrevam ou vociferem os que têm medo do perigo real que correm, quando o Brasil não pertencer mais a eles: Dona Dilma está fora e não volta mais. Ainda bem!

 

SUJEIRA E DESRESPEITO

O Espaço Alternativo continua merecendo duras críticas, embora, principalmente nos finais de semana, ainda usado por milhares de pessoas. Primeiro, porque nunca fica pronto. Depois, pela falta de segurança em vários horários. Em seguida, pela sujeira que toma conta do local, com lixo, cocô de cachorro, fraldas descartáveis e garrafas de bebidas jogadas naquele local, o transformando numa espécie de lixão da cidade. Os frequentadores, no geral, ainda cuidam. Mas é nas madrugadas que os vagabundos, bêbados, drogados, prostitutas e gente da pior espécie tomam conta do local. Como não há polícia para tirar essa marginália das ruas, eles continuam fazendo o que querem. Socorro!

 

DESEMPREGO NA CAPITAL

Por falar em Espaço Alternativo: a promessa do reinício das obras pra breve, voltou ao noticiário. Junto com outra constatação muito negativa: o desemprego chegou com tudo a Porto Velho.O DER vai contratar 39 profissionais (pedreiros, carpinteiros, serviços gerais e outros), num regime de emergência e por apenas seis meses. Nos dois primeiros dias, nada menos do que 3.900 ( isso mesmo!) trabalhadores correram para tentar um dos postos. Ou seja, 100 candidatos para cada vaga. A fila imensa no local de inscrição mostrou a verdadeira face da crise, que atinge nesse momento principalmente o setor da construção civil, que está em baixa e onde é contratada a maior parte da mão de obra não especializada. As inscrições para as poucas vagas do DER continuam na próxima semana.

 

DEIXA COMO ESTÁ!

Pela enésima vez, as forças de segurança fizeram uma operação para retirada dos garimpeiros de ouro do rio Madeira. Parece brincadeira. Gastam-se pesados recursos públicos, deslocam-se pessoal que poderia estar policiando a cidade em locais onde a criminalidade domina; investe-se pesado para divulgação na mídia da “ação de combate ao garimpo ilegal”; faz-se um carnaval e…no outro dia da operação, todos estão de volta aos mesmos lugares e fazendo as mesmas coisas. Para que perder tempo, se a legislação permite que os presos hoje estejam rindo da czra de quem os prendeu amanhã de manhã? A coluna dá um conselho aos órgãos dee segurança: mão percam seu tempoi com essas bobagens. A legislação está ao lado de quem comete crimes, inclusive ambientais. Então, deixa assim que é melhor!  (Pedimos desculpa pela ironia!)

 

CINCO ANOS DEPOIS…

No final da tarde dessa sexta, o prefeito Mauro Nazif assinou o decreto que aumenta o valor das tarifas de ônibus na Capital, terminando com um longo período superior a cinco anos com o mesmo valor da passagem. Foi na 25ª hora, até porque os empresários do consórcio SIM já estavam ensaiando um protesto contra a indecisão sobre o assunto. O consórcio anterior, do SET, trabalhou mais de 60 meses sem um só centavo de  aumento das tarifas, mesmo com os constantes reajustes de todos os produtos necessários à manutenção da frota e salários dos funcionários.  O consórcio SIM conseguiu o reajuste em pouco mais de seis meses. A passagem na roleta passará a 3 reais e as compras com cartão especial, serão vendidas a 2,90.

 

GIGANTES DA PÁTRIA

O advogado Max Rolim, um dos líderes do Movimento Gigantes da Pátria, a versão rondoniense do Movimento Brasil Livre, é o entrevistado do programa Direto ao Ponto, que vai ao ar nesse sábado, a partir das 13h15, na SICTV, a Record em Rondônia. Max fala sobre os resultados do movimento, da emoção de ver uma multidão com camisas verde e amarelos e bandeiras brasileiras, nos grandes protestos em Porto Velho e diz o que se pode fazer para melhorar o país. Numa conversa com Sérgio Pires , ele fala sobre a importância do momento para que haja uma mudança geral no Brasil e sobre muitas outras questões importantes.

 

PERGUNTINHA

Quem será responsabilizado pelos mais de 2 milhões e 600 mil casos de recebimento ilegal do Bolsa Família, no país?

 

Leia o Blog:   www.opiniaodeprimeira.com.br

Últimas notícias: