Destaque
Home / Notícias / destaque / QUE BOM É SER SERVIDOR PÚBLICO E AINDA AMIGO DA VEREADORA ELIS REGINA!

QUE BOM É SER SERVIDOR PÚBLICO E AINDA AMIGO DA VEREADORA ELIS REGINA!

Coluna Opinião de Primeira, Por Sérgio Pires – Estava demorando! Problemas envolvendo a vereadora reeleita Elis Regina, representante de parte do funcionalismo na Câmara, começam a ser denunciados por aqueles a quem ela não está beneficiando. Elis teve uma grande proximidade – para dizer o mínimo – com o ex prefeito Mauro Nazif. É notório que acertou seu lado, dos seus amigos e correligionários durante os quatro anos de mandato. Não incomodou o Prefeito em nada, mas em compensação, indicou dezenas de pessoas ligadas a ela, para ocupar cargos comissionados. Agora, quando se pensava que as coisas mudariam com Hildon Chaves, ao que parece, em relação à conhecida vereadora, tudo continua exatamente igual. A aprovação de uma lei, de autoria dela, beneficiando apenas 900 servidores públicos, por coincidência (coincidência?), aqueles que seriam ligados a ela e seus cabos eleitorais, chegou à Câmara Municipal e lá foi aprovado por unanimidade. Os outros mais de nove mil trabalhadores do município, com todos os direitos e deveres iguais, não foram aquinhoados com a soma de benefícios extras, que agora passam a ser incorporados aos salários da turma ligada à Elis Regina. Pode até não ser ilegal. Uma longa discussão judicial poderia concluir que alguns podem ter benefícios e outros não. Mas ao menos é amoral. Para não dizer imoral e injusto. E ainda mais numa administração municipal que começou agora, sob a égide da guerra pela economia do dinheiro público.

O prefeito Hildon Chaves corre um grande risco de parecer ser o mesmo do mesmo, a continuar nesse ritmo de atender pedidos como os da vereadora Elis Regina, que obviamente está pouco preocupada com os cofres municipais, mas apenas com ela mesma e com seus interesses pessoais e do seu grupo político. Se os outros mais de nove mil servidores recebessem tratamento igual ao grupo dos 900 amigos da Dona Elisa, o custo chegaria a 13 milhões de reais por mês e, é claro, quebraria a Prefeitura. Enfim, ficou essa confusão para ser resolvida e que em nada ajuda o governo que recém começou. Pelo contrário. O deixa sob os olhares desconfiados dos que imaginavam que tudo seria diferente e que, ao menos nesse episódio, ficou claro que está igualzinho ao que sempre foi. Lamentável!

AGUENTARÁ A PRESSÃO?

Tem o outro lado: merece se tirar o chapéu para as primeiras medidas tomadas pelo novo secretário municipal de educação, para conter gastos e conseguir melhores resultados na sala de aula. A primeira delas foi devolver pelo menos 300 professores para as salas de aula,. Muitos estavam “encostados” na administração, por indicação desse ou daquela ou para atender interesses de algum vereador. O secretário Zenildo Souza Santos começou com o pé direito. Quer uma melhor educação para as quase 55 mil crianças que estudam nas escolas municipais e, para isso, precisa dos professores dentro das escolas e não sentados em gabinetes, apaniguados por padrinhos políticos. A dúvida é se ele suportará a pressão que vai sofrer, ao acabar com essa mordomia e, mais que isso, reduzir a zero as horas extras. Funcionário de carreira, a primeira pressão que sofrerá será dos seus colegas de profissão, que vão perder as boquinhas e terão que ir para as salas de aula, fazerem o que devem fazer: ensinar. Vamos ver até onde Zenildo vai aguentar a grita dos que se beneficiam da politicagem para se dar bem…

SARGENTO GARCIA

O nome é comum: José Carvalho Silva. A acusação também: corrupção. Diretor da Penitenciária de Manaus, onde 56 detentos foram cruelmente assassinados, José Carvalho foi denunciado por vários presos, porque teria recebido dinheiro do crime organizado para facilitar a entrada de armas, celulares e até drogas dentro da cadeia. Claro que se fosse num país decente, com leis decentes, com verdadeira Justiça, uma pessoa que detém um cargo como esse, que se deixar corromper, seria responsabilizado diretamente pela matança do primeiro dia do ano. Mesmo que haja todas as provas, mesmo que fique clara a corrupção e a compra do servidor por criminosos das facções assassinadas, ele jamais pagará pelo inacreditável crime que cometeu. Mais fácil o Sargento Garcia prender o Zorro do que um anormal desses, caso fiquem comprovadas as acusações, receba a punição que merece.

PRECISA FAZER?

Cada novo presidente que assume, mais uma obra programada. É assim na Câmara de Vereadores da Capital. O jovem presidente Maurício Carvalho já anuncia novas mudanças no prédio da Câmara. Ele inclusive esteve reunido com o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Maurão de Carvalho, para pedir o “empréstimo” do prédio do parlamento rondoniense, tão logo a nova sede da ALE seja inaugurada, para sediar provisoriamente a Câmara. Maurício quer mandar fazer mudanças na construção da casa que abriga atualmente os vereadores, pouco mais de um ano depois que o ex presidente Jurandir Bengala ter gasto mais de 2 milhões para fazer o mesmo do mesmo. Não seria o caso de se pensar num prédio definitivo, ao invés de remendos a cada 12 ou 18 meses? Enfim, será mais um gasto que a população pagará, sem que se saiba a real necessidade da obra.

OLHO NELE!

Mais um jovem parlamentar que merece o olhar atento do rondoniense. Anderson Pereira, presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários, assumiu nessa semana uma cadeira na Assembleia Legislativa. Tem a duríssima missão de substituir a deputada Lúcia Tereza, que morreu dois dias antes do Natal e que deixou, naquela casa, uma história de lutas, muito trabalho, respeito e sólidas amizades. Anderson estreou como candidato a deputado, com o apoio total da sua categoria, demonstrando uma liderança incontestável. Foram mais de 9 mil votos, que o colocaram na primeira suplência. Mesmo antes de ser empossado oficialmente, já participou de reuniões com as mais importantes autoridades do Estado, sobre a crise prisional, dando uma contribuição extremamente positiva. Combativo, sem papas na língua, líder de uma categoria profissional importante, o novo deputado tem tudo para ir mais longe. Olho nele!

CRIME DE OPORTUNIDADE

Depois de longo tempo, voltou a acontecer um crime de sequestro em Porto Velho. Mas a reação policial foi tão rápida que os bandidos (um deles foragido dos presídios, o que é absolutamente normal), não tiverem nem tempo de pedir resgate. Não foi um sequestro planejado certamente, mas um daqueles de oportunidade, em que os criminosos atacam alguém, depois descobrem que a pessoa é de alguma família mais abastada e, então, decidem partir para o pedido de resgate. O jovem foi localizado numa casa da zona leste, sem qualquer ferimento, depois de rápidas investigações e de um dos criminosos, certamente um amador, ser pego dirigindo o carro da vítima. Rondônia e o Brasil estão nas mãos do crime. Não tem mais jeito. Enquanto não houver uma grande revolução das leis, de forma com que a sociedade reaja à altura à bandidagem, estaremos ferrados e vivendo sob o domínio do terror e do medo.

PERGUNTINHA

Não tem nada de errado o ministro Gilmar Mendes, que daqui a alguns dias vai julgar um processo no TSE contra o presidente Michel Temer, ir passear de carona no avião Presidencial que foi a Portugal, ao lado do político alvo do julgamento?

Comente pelo Facebook

comentários