Rondônia - 25 de julho de 2017
Home / Notícias / Colunas / Opinião de Primeira / Novo satélite, a grande notícia para Rondônia e para o Brasil

Novo satélite, a grande notícia para Rondônia e para o Brasil

Ficou quase esquecida, lá nos cantinhos, uma pequena notícia, incrustrada entre as grandes manchetes da Lava Jato, do STF, do Juiz Sérgio Moro, das operações da Polícia Federal, divulgadas pela imprensa nessa quinta. Só que ela, uma informação que aparentemente não mereceu grande espaço no noticiário, é da maior importância, principalmente para as pequenas cidades de Rondônia e de todo o país.

Ao menos dois mil dos 5.550 municípios brasileiros serão beneficiados com o resultado dela. Trata-se do Satélite Geoestacionário Brasileiro de Defesa e Comunicações Estratégicas (SGDC), lançado a partir da Guiana Francesa, por um foguete Ariane 5. Este é o primeiro satélite 100 por cento brasileiro, dedicado exclusivamente a transmissão de dados. Qual seu benefício para várias pequenas e isoladas localidades rondonienses e de vários outros Estados brasileiros? O SGDC atenderá às necessidades do Programa Nacional de Banda Larga, garantindo a chegada da internet a mais de dois mil municípios do país, que, devido às condições de difícil acesso, não são atendidos por qualquer rede de fibra óptica terrestre.

Ou seja, ele vai ampliar a capacidade de telecomunicações e a cobertura de serviços de internet Banda Larga no Brasil, com foco em áreas de difícil acesso.

Tem tudo a ver conosco! Além disso, onde já existe o serviço da internet, o novo sistema deve melhorar significativamente a velocidade dela, caso as informações emanadas pelo Ministério da Defesa estejam corretas.

Foi um investimento que valeu a pena. O gasto do governo brasileiro no novo satélite superou os 1 bilhão e 500 mil reais. O projeto dele é resultado de uma parceria entre a Telebras e o Ministério da Defesa. O satélite geoestacionário, que gira na mesma velocidade da Terra, ficará parado, ou seja, estacionado, sobre um mesmo ponto do Planeta. Com menos de seis toneladas e 5 metros de altura, ele vai ficar posicionado a 36 mil quilômetros da Terra e cobrirá todo o território nacional, além do Oceano Atlântico. A previsão de vida útil do satélite é de 18 anos. Pode ser apenas uma informação pequena, no contexto das grandes notícias do Brasil e do mundo. Mas para milhares de rondonienses e milhões de brasileiros que vivem ainda no isolamento da net, não poderia haver notícia melhor!

AMORIM FAZ TUDO TREMER

Em breve, estará no ar mais uma entrevista bombástica, feita pelo jornalista Vinicius Canova, que tem se especializado em ouvir personalidades rondonienses que têm o poder de sacudir o Estado. A partir do início da próxima semana, ele publica no site Rondônia Dinâmica, uma longa conversa, de mais de duas horas, com uma dessas figuras que, quando abrem a boca, fazem a terra tremer ao redor. O personagem, dessa feita, é o polêmico e controvertido ex senador e agora vereador de Ariquemes, Ernandes Amorim. Ele conta tudo e não deixa escapar ninguém. Vai sobrar para autoridades de todos os naipes, do Governador a outras personalidades da vida pública rondoniense. Aos 71 anos, Amorim continua com a mesma verve e com a mesma forma combativa de sempre. Vai dar o que falar, esse encontro do experiente político com o jovem repórter.

NÃO FAZ FALTA

Alguém aí notou que está completando dez dias a greve dos Correios? Fosse há uns 20 anos atrás, quando a instituição era uma das duas mais respeitadas do país (empatada com os Bombeiros), certamente haveria grita geral. Os Correios eram eficientes; seu trabalho vital para a sociedade brasileira. Destruída pela corrupção, desde o primeiro governo Lula, a estatal se tornou um arremedo de atendimento ao público. Com prejuízos acumulados de mais de 4 bilhões de reais só nos últimos dois anos; pagando salários de fome aos seus carteiros, esses sim, sofredores e que não têm culpa alguma na implosão da empresa; cobrando caro por serviços que não presta corretamente, como o Sedex, que ao menos em Rondônia custa os olhos da cara e demora semanas para as correspondências serem entregues, os Correios vão ladeira abaixo. Só a privatização pode salvar ainda o que sobrou. Afora isso, adeus!

DESRESPEITO E VIOLÊNCIA

Os agentes penitenciários lutaram durante muito tempo para terem a profissão reconhecida e a batalha mereceu o respeito da sociedade. Mas, bastou chegarem ao que queriam, que passaram a ser uma categoria exageradamente corporativista, preocupada apenas consigo mesmo e muito menos com a missão vital que eles têm a cumprir, em benefício da sociedade. Tanto em Rondônia como em outras regiões, qualquer reivindicação não atendida é respondida com agressividade, violência e desrespeito. Ameaça de greve tem toda a semana. A invasão ao Ministério da Justiça, como se fosse a Casa da Mãe da Joana e, no dia seguinte, a uma comissão dentro da Câmara Federal, colocou a categoria como uma daquelas que não respeitam as instituições e causaram temor ao país. Está na hora de dar um freio a essas ações ilegais, inconstitucionais e antidemocráticas, antes que os agentes decidam assumir o poder e começar a governar do jeito deles. Pronto, falei!

RONDÔNIA RURAL SHOW NA TV

O coordenador da sexta edição da Rondônia Rural Show, José Paulo Gonçalves, é o entrevistado do Direto ao Ponto deste sábado, programa de entrevistas sobre temas importantes de interesse do Estado, apresentado por Sérgio Pires. Ele conta os detalhes sobre o maior evento comercial do agronegócio rondoniense, que, mesmo em tempos de crise, projeta negócios em números estratosféricos para a edição que começa no próximo dia 24. Os preparativos finais, a nova localização, numa área de 50 hectares, em Ji-Paraná. A presença de compradores estrangeiros e muito mais, estarão no bate papo do Direto ao Ponto. A atração da Record News vai ao ar a partir das 11h30, simultaneamente na SKY (Canal 358) e na TV a Cabo (Canal 17). No domingo, estará no ar no site www.gentedeopiniao.com.br e em outros de todo o Estado. Não deixe de acompanhar!

ROTA DE COLISÃO

Que não se convide para a mesma mesa, o deputado estadual Aélcio da TV e o diretor geral do DER, Ezequiel Neiva. Os dois estão em rota de colisão. Nessa semana, Aélcio, que normalmente é paz e amor, fez um duro discurso contra Neiva, acusando-o de não dar nenhuma atenção a Porto Velho. Aélcio fez questão de isentar Confúcio Moura das críticas, assegurando que ele tem feito um bom governo, mas, na tribuna da Assembleia, desancou com o chefe do DER. Ele criticou, por exemplo, o fato de até hoje o DER não ter executado obras em ruas do bairro Areal, na Capital, apesar de há dois anos o próprio Aélcio ter destinado dinheiro, via emendas, para que o trabalho fosse realizado. Protestou também contra a falta de apoio do DER à Prefeitura, que não teria entregue manilhas, conforme prometeu, fazendo com que obras municipais fossem interrompidas. O tom do desabafo foi ainda mais pesado e teve apoio, em parte, do deputado Léo Moraes, quando Aélcio disse que quem deveria comandar o DER seria um engenheiro “e não quem só faz politicagem!”. Bateu abaixo da linha da cintura…

AS DUAS CHEFONAS

As mulheres estão tomando à frente em todas as atividades. Também no crime organizado. Ao menos aqui por Rondônia. Duas delas, chefonas do tráfico, foram presas numa grande operação da Polícia Federal, realizada nessa quinta. Chamada de “Las Chicas”, em “homenagem” às duas chefonas do crime, a ação da PF prendeu envolvidos nas quadrilhas em várias cidades, começando por Guajará Mirim, de onde a dupla feminina comandava toda a estrutura do tráfico e a distribuição, feitas pelas duas quadrilhas. Envolvidos em Porto Velho, Vilhena, Cacoal e Novo Horizonte também foram para a cadeia. A operação se estendeu a Humaitá, perto de Porto Velho e à cidade paraense de Castanha. No total, 20 prisões foram cumpridas, assim como outras 19 conduções coercitivas. Foi um duro golpe no tráfico da região. Resta agora correr atrás das muitas outras quadrilhas que continuam agindo da fronteira com a Bolívia para cá…

PERGUNTINHA

Qual o futuro que você acha que terá um jovem de Porto Velho, detido 22 vezes por vários crimes, incluindo tentativa de homicídio, que entra por uma porta das Delegacias e sai pela outra e que tem apenas 15 anos?
Fonte:Sérgio Pires

Comente pelo Facebook

comentários