Rondônia - 23 de outubro de 2017
Home / Notícias / Religião / Estudos de Provérbios / Provérbios 13:10 – Da soberba só provém a contenda, mas com os que se aconselham se acha a sabedoria.

Provérbios 13:10 – Da soberba só provém a contenda, mas com os que se aconselham se acha a sabedoria.

O orgulho gera brigas! E é a principal causa das brigas! Sem orgulho, brigas e desavenças logo acabariam. O orgulho é uma confiança arrogante e presunção soberba que mantém viva as desavenças – conflitos e disputas. Mas homens sábios são humildes e prudentes para ouvir outras opiniões, evitar homens briguentos e passar por cima das ofensas. Eles são pacificadores.

Se existe lutas em sua vida, família, negócios ou igreja, isso se deve ao orgulho. Você deve verificar se isto é o orgulho do seu adversário, do seu, propriamente dito, ou dos dois. Um homem sábio fará o que puder para por um fim à guerra e às disputas (Pv 15:18), para pacificar a raiva e obter a paz. Ele prefere ser defraudado ou ofendido a brigar e, por isso, ele ignorará as ofensas (Pv 19:11; ICo 6:7).

Os homens disputam e discutem por várias razões, mas o orgulho é o gatilho, a combustão e o combustível que inicia, sustenta e expande as desavenças. Acredite! Salomão escreveu o seguinte a respeito de tolos orgulhosos: “Tens visto um homem que é sábio a seus próprios olhos? Maior esperança há no tolo do que nele.” (Pv 26:12). É impossível tratar com um homem orgulhoso, pois não há meio de convencê-lo de qualquer coisa contra o convencimento arrogante dos seus próprios pensamentos e desejos.

Tiago fez perguntas retóricas, “Donde vêm as guerras e pelejas entre vós? Porventura, não vêm disto, a saber, dos vossos deleites, que nos vossos membros guerreiam?” (Tg 4:1)? Em seguida ele responde com uma pergunta e uma declaração, “Ou cuidais vós que em vão diz a Escritura: O Espírito que em nós habita tem ciúmes? Antes, dá maior graça. Portanto, diz: Deus resiste aos soberbos, dá, porém, graça aos humildes.” (Tg 4:5-6). A causa básica das brigas é o orgulho! Salomão e Tiago escreveram a mesma coisa, inspirados pelo mesmo Autor!

Se a cobiça, inveja, paixão e vingança exercem seus papéis em conflitos, o orgulho tem o papel principal! O orgulho torna os homens impacientes, raivosos diante das mínimas provocações, ressentidos por contradições, invejosos de vantagens, irritados com a concorrência, escarnecedores da correção, vingativos de ofensas, convencidos de opiniões, dominadores de conversas, críticos das fraquezas, e vazios de perdão. É o orgulho que está por trás de outras perversidades da alma humana. Senhor, salve-nos!

Um homem bem aconselhado é conhecedor e compreensivo – ele é sábio e prudente. Ele pede e recebe conselhos, pois ele sabe que a segurança reside em ter muitos conselheiros (Pv 24:6). Ele é lento no falar, sabendo que a pressa exalta a tolice e não produz a justiça de Deus (Pv 14:29; Tg 1:20). Ele encera o conflito ao passar por cima das ofensas (Pv 19:11), fugindo de homens raivosos (Pv 22:24-25; 29:22), e se afastando de línguas fofoqueiras (Pv 25:23). Ele odeia o orgulho próprio e nos outros (Pv 8:13)! Ele sabe que ser sábio é se humilhar como também é a semelhança de Cristo (Pv 11:2; Rm 12:16).

Os pacificadores são os grandes no reino de Deus (Mt 5:9), pois o Seu reino é um reino de paz (Rm 14:17-19). Você deve usar a sua força para atingir este objetivo (Rm 12:18; Ef 4:3). Se você deseja prosperar e ter uma longa vida, seja então um pacificador (Sl 34:12-16). Onde você pode pacificar hoje? Faça-o! Não deixe que nada o impeça!

A sabedoria infernal do diabo é que conduz à amargura e briga, e você nunca deve pensar ou dizer que tal desavença é boa ou aceitável. Ela também leva a maiores confusões e corrupções na sua vida (Tg 3:14-16). Mas a sabedoria celestial de Deus é pacífica, branda, repleta de misericórdia e realiza a paz (Tg 3:17-18). Esta passagem vale o seu peso em ouro. Torne-se íntimo com estes versículos e os obedeça-os sempre.

Não há lugar para orgulho ou desavenças nas vidas dos santos (ICo 11:16). O orgulho não vem do Pai, mas do mundo (I Jo 2:16). O orgulho foi o pecado do diabo (ITm 3:6). Leitor, humilhe-se debaixo da poderosa mão de Deus, para que Ele possa lhe exaltar no devido tempo (IPe 5:6). Se há qualquer conflito, guerra fria, disputas ou desentendimentos no qual você exerce qualquer papel, acabe com isso imediatamente, de maneira que isso não corrompa a sua adoração de Deus (Mt 5:21-26).

Comente pelo Facebook

comentários