Rondônia - 19 de novembro de 2017
Home / Notícias / Religião / Estudos de Provérbios / Provérbios 10:13 – Nos lábios do sábio se acha a sabedoria, mas a vara é para as costas do falto de entendimento.

Provérbios 10:13 – Nos lábios do sábio se acha a sabedoria, mas a vara é para as costas do falto de entendimento.

O seu grau de tolice ou de sabedoria é conhecido pela sua maneira de falar. Um homem com entendimento tem uma linguagem sábia que ajuda os outros; um homem sem entendimento usa palavras vazias e tolas que não beneficiam a ninguém. Você não consegue esconder o seu caráter por muito tempo. Você não consegue enganar os outros sempre. Você será exposto (Pv 26:26; Ec 5:3; 10:3). E se a sua fala revela a sua tolice, o melhor tratamento para você segundo a sabedoria de Deus é uma boa surra (Pv 18:6; 26:3).

Preste especial atenção ao provérbio. A primeira parte identifica o homem que tem entendimento como sendo um que fala sabiamente. A segunda parte dá a instrução para que se bata no homem que não tem entendimento. O paralelismo do provérbio ensina duas lições principais: (1) sua linguagem comprova se você tem entendimento ou não, e (2) punição física é apropriado para aqueles que falam tolices e ousadamente. A elipse – falta de palavras – no fim da segunda parte, “e fala insensatamente” é entendido pela primeira parte.

Deus e Salomão lhe deram preciosa sabedoria. Temos aqui um conselho para a vida toda em como avaliar os corações dos homens e como tratá-los, também. Homens bons com corações sábios transmitem conhecimento, conselhos piedosos e sabedoria sã; e fazem isso de uma maneira agradável e amorosa. Tolos, com corações profanos, tagarelam a respeito de suas opiniões e seus pequenos problemas na vida; eles reclamam de quase tudo; e o fazem de uma maneira desagradável e irritante.

Que preciosa sabedoria! As pessoas más adoram dizer, “Você não conhece o meu coração. Eu sou uma pessoa boa. Eu tenho entendimento.” Mas estas são desculpas mentirosas para justificar a sua linguagem e/ou ações ímpias. Uma das principais lições de Provérbios é a de identificar o caráter pela fala (Pv 10:19,21,32; 12:13; 14:3,7; 15:7; 16:2; 17:7,27-28; 18:7; Ec 10:12). O Senhor Jesus Cristo também enfatizou esta ligação definitiva (Mt 12:33-37).

Leitor, a sua maneira de falar prova que você é um homem tolo ou sábio? É fácil saber como. Você consegue justificar sua linguagem pela Bíblia? Você tem mais amigos do que pode administrar? Os outros o têm em alta estima? Os outros buscam os seus conselhos com frequência? Se você respondeu às quatro perguntas positivamente, você é um homem sábio. Se qualquer uma das perguntas resulta em uma negativa, você é um tolo! Confesse sua tolice a Deus. Rogue a Ele para ajudá-lo a controlar a sua língua.

Leitor, os outros o consideram agradável ou detestável, bom ou mordaz, prestimoso ou pernicioso, alegre ou crítico, sóbrio ou sarcástico, amável ou risonho, ponderado ou fazendo palhaçadas? Respostas honestas a estes contrastes revelam o seu caráter. Humilhe-se diante de Deus. Reduza as suas palavras à metade. Reduza o seu volume pela metade. Seja agradável e positivo, sempre! Louve alguém, agora!

Seu grau de mundanismo ou espiritualidade também é reconhecido pela sua maneira de falar. É fácil ser um inimigo de Jesus Cristo – tudo que você tem a fazer é o de cuidar das coisas deste mundo (Mt 6:24; Fp 3:18-19; Tg 4:4; IJo 2:15-17). Como é que você pode identificar um inimigo de Jesus Cristo? Ouça. Eles falam a respeito dos seus empregos ou negócios, saúde, políticas ou eventos correntes. Apesar de você ouvir atentamente você nunca ouve Cristo sendo louvado, a doutrina exaltada ou agradecimentos fervorosos declarados.

Além disso, o seu nível de amor ou ódio pelos outros é revelado pelas suas palavras. Se você ama os outros santos, o que é a maior evidência da vida eterna, você estará sempre dizendo coisas boas a eles, por eles e a respeito deles. Aquele que é frequentemente culpado de difamar, reclamar, caluniar, fuxicar ou sussurrar, não é apenas um tolo, mas também um filho do diabo (Jo 8:44; ICo 3:3; Tt 3:3; Tg 3:14-18; IJo 3:1-19).

A punição física é o melhor tratamento a ser dado à pessoa que tem uma língua tola (Pv 26:3). Se essa pessoa é o seu filho, então você pode treiná-lo no caminho em que deve andar com a vara e a repreensão (Pv 22:6; 29:15). Se é um cônjuge em perspective, termine o relacionamento! Se for um amigo, você poderá facilmente encontrar novos e melhores amigos (Pv 9:6; 13:20; 14:7). Escolha homens sábios com um linguajar sábio para serem seus companheiros, pois eles farão de você uma pessoa melhor (Pv 22:11; Sl 119:63).

Comente pelo Facebook

comentários