Rondônia - 20 de julho de 2018
Home / Notícias / Religião / Estudos de Provérbios / Provérbios 28:19 – O que lavrar a sua terra virá a fartar-se de pão, mas o que segue a ociosos se fartará de pobreza

Provérbios 28:19 – O que lavrar a sua terra virá a fartar-se de pão, mas o que segue a ociosos se fartará de pobreza

Você quer ser financeiramente bem sucedido? Então realize bem um trabalho básico, dia após dia, obedecendo a sabedoria econômica de Provérbios. Isto funciona! Deus e Salomão garantem isso! Pare de frequentar reuniões promocionais, de odiar trabalhar para terceiros, de ouvir idéias mirabolantes a respeito de investimentos bons demais para ser verdade, ou de sonhar acordado a respeito de uma vida melhor. Deixe as considerações a respeito do prazer e do descanso por último (Pv 21:17,20). Trabalho consistente em um emprego necessário funciona! Correr atrás de promessas mentirosas de promotores, não funciona! Aprenda a sabedoria: ame o trabalho e odeie as distrações!

Os homens são preguiçosos e gananciosos por natureza. Querem ter cada vez mais as coisas boas da vida que os outros tem, mas querem se esforçar menos do que os outros para adquiri-las! E por isso eles são tentados pelos pecados econômicos – ou seja, ter raiva dos seus empregos básicos e/ou ouvir sonhos mirabolantes! Aprenda a sabedoria: ame o trabalho e odeie a ganância! Por ter visto que essas tentações destruíam as vidas financeiras de homens, ele repetiu este provérbio usando linguagem parecida (Pv 12:11).

Quem no mundo deseja ser um fazendeiro, quando ele poderia ser um magnata do mercado imobiliário, dirigindo um carro esportivo, fechando negócios ao celular sem nenhum pagamento à vista? Quem optaria por ser uma enfermeira, quando ela poderia ser uma fotógrafa internacional para uma revista de notícias da internet? Porque ser um escravo em uma fábrica, quando você poderia usar um marketing multinível de uma substância mineral fabricada com água do mar e que substituísse o Viagra, levando-o a viver num iate aos 30 anos de idade?

A agricultura não era o único trabalho disponível nos dias de Salomão. Mas esse trabalho ilustra a lição deste provérbio. Ser agricultor exige muito serviço pesado, planejamento, paciência e repetição. Era o trabalho mais básico – usar a terra para produzir alimento e/ou para usar o alimento para criar gado ou outro animal para gerar vários produtos. Mas arar um campo atrás de uma mula tornava-se tedioso e estúpido quando você ouvia rumores fantásticos da área de vendas na internet de sabão para roupas!

A tartaruga ganha financeiramente do coelho. Enquanto a tartaruga caminha lentamente, passo a passo, em direção ao seu objetivo econômico, o coelho corre a toda a velocidade de uma distração à outra, algumas das quais lhe custando um precioso capital, e tudo lhe custando um tempo valioso. Quando o dia do juízo chegar, o trabalho dedicado da tartaruga, os bons resultados de investimentos sãos, e paciência lhe deram um patrimônio confortável. O coelho está exausto, frustrado e quebrado!

Salomão desprezou os esquemas de rápido enriquecimento. Ele viu o homem pobre obtendo boas receitas, mas vendo as idéias tolas desperdiçando-as (Pv 13:23). Trabalho dedicado em empregos básicos traz sucesso (Pv 27:18). Falando a respeito de fantasias financeiras, empobrece o homem (Pv 14:23). Ficando desatento no trabalho à mão, é terrível (Pv 27:23-27). Qualquer aumento é obtido com esforço e sã alavancagem, não pela maquinação (Pv 14:4). Ele viu exceções financeiras destruindo insensatos que buscavam uma refeição grátis (Pv 1:32).

Pessoas vãs estão em todas as partes, especialmente na rádio, televisão, telefone, revistas, jornais, e internet e as mensagens via E-mails. Elas promovem os ricos e os famosos, apesar de serem 1 em 10.000. Elas oferecem retornos impossíveis para poder roubar as suas economias para si mesmas. O governo oferece bilhetes de loteria que nada mais é do que um imposto cobrado dos pobres e dos estúpidos. E mentirosos exibem um estilo de vida extravagante de “sucessos” em marketing multinível, ignorando os 98% que compraram o produto a um preço exagerado para pagar pelo “sucesso”. O resultado líquido deste e de todos os demais atalhos financeiros é sempre negativo – Você perde! Está descendo a ladeira!

Porque alguém daria ouvido a tais besteiras? Porque alguém consideraria mentiras vindas de uma pessoa que está tentando depená-los das suas economias obtidas com o duro trabalho? Existem poucas razões. Todas elas são pecaminosas. Duas já foram dadas – descontentamento com o seu trabalho e a ganância por uma vida diferente. Além disso, algumas pessoas não gostam de trabalhar para os outros, o que é, simplesmente, orgulho e rebelião. E finalmente, alguns por deliberada ignorância não examinam as coisas pra ver com olhos críticos e pessimistas para evitar cobras mentirosas (Pv 14:15; 15:22; 27:12; ITs 5:21).

A presente geração é obcecada por facilidade e prazer – divertimento, jogos, lazer, esporte e descanso – mas estas coisas destroem homens economicamente. Se você ama o prazer, você vai ser um homem pobre (Pv 21:17). Se você gosta de dormir, você vai ser um homem pobre (Pv 20:4;13). Você aprenderá a desprezar o trabalho, porque não é tão agradável quanto a sua maneira louca de viver e de dormir até tarde (Pv 19:15). Você gastará o seu dinheiro com divertimentos insensatos (Pv 21:20; Lc 15:13). E este estilo de vida infantil vai levá-lo à derrota (Pv 23:21).

Sua segurança está na palavra de Deus. O trabalho duro funciona (Pv 10:4; 13:4; 22:29). A pressa produz desperdício financeiro (Pv 19:2; 28:20,22). Não acredite em nada sem provas. Especialmente testemunhos ou “resultados” acima das taxas de retorno do mercado (Pv 13:11; 14:15; 22:3). Tomando o caminho fácil vai arruiná-lo economicamente (Pv 6:9-11; 24:30-34). Somente um documento no mundo é totalmente verdadeiro – a Bíblia. Todo mundo e todas as coisas, além disso, são mentirosos (Rm 3:4). Obedeça este provérbio; ame o seu emprego; execute bem as suas tarefas diárias; agradeça a Deus pelo sucesso. Se você ri ou negligencia este provérbio, você vai acordar empobrecido e o seu vizinho mandando em você.

A lição deste provérbio se aplica também à busca religiosa. Não existe seminário tipo “fique rapidamente espiritual” ou ofertas televisivas que possa competir com as orações e a leitura diária da Palavra e ouvir atenciosamente à pregação da palavra de Deus (IITm 3:6-7; 4:1-4). Não siga as personalidades religiosas vãs que oferecem seus sedutores caminhos para Deus e para o céu. Eles são mentirosos iguais aos aventureiros financeiros. Só existe uma porta e um só Pastor de ovelhas, e a vida abundante é obtida ao obedecer a Ele e à Sua palavra (Jo 10:1-18).