Rondônia - 22 de julho de 2018
Home / Notícias / Religião / Estudos de Provérbios / Provérbios 6:33 – Achará castigo e vilipêndio, e o seu opróbrio nunca se apagará.

Provérbios 6:33 – Achará castigo e vilipêndio, e o seu opróbrio nunca se apagará.

O adultério deveria trazer a morte (Lv 20:10; Dt 22:22). Mas se não trouxe, ele traz a ignomínia e a vergonha na maior parte da sociedade. Adúlteros deveriam usar um “A” em vermelho. Adultério não pode ser defendido, desculpado, explicado, justificado ou racionalizado. É um crime hediondo a ser punido por juízes (Jó 31:9-10). O adultério também é uma ofensa irracional que os outros não podem compreender (Pv 6:30-32).

O Rei Salomão sabia que o adultério era uma ameaça para o seu filho e um pecado tentador e destrutivo ao seu reino. Ele tinha sido testemunha dos seus efeitos em sua própria família (IISm 11-13). Ele a condenou de todas as maneiras. Ele a desprezou por causa da sua escravidão, famílias destruídas, doenças, despesas, filhos ilegítimos, reputações arruinadas, cônjuges vingativos, morte e inferno.

Esta longa condenação do adultério tinha dois argumentos principais (Pv 6:20-35). Em primeira instância, porque é indefensável e irracional, os homens não a desculparão, portanto ela destrói reputações (Pv 6:26-33). Em segunda instância porque não pode ser justificado ou explicado, normalmente é impossível apaziguar maridos justamente ciumentos (Pv 6:34-35). Temos aqui ainda, mais dois argumentos para desprezarmos o adultério.

Qual é o ferimento? Punição pelo juiz, pela sociedade ou pelo marido traído (Pv 6:30-35)! Tudo está sendo considerado dentro do contexto. Enquanto que o ladrão poderia se redimir pela restituição, não há nada que o adúltero pode fazer para desfazer o seu pecado, o mínimo que seja.

Qual é a desonra? O caráter do homem, sua vida, seu nome e sua reputação estão desgraçados e envergonhados. Homens famintos que roubam alimentos não são desprezados, mas não existe uma desculpa para o adultério. Por esta razão o adultério é profanamente mal e deve ser rejeitado a todo o custo.

Qual é a culpa perpétua? O escândalo e o estigma de um pecado que declara uma falta de entendimento! Ele não pode ser passado a limpo, porque não há restituição ou explicação. Mesmo que o ladrão poder devolver o bem que roubou, mas um adúltero nunca pode anular o seu crime.

Compare a sabedoria de Deus e a loucura do homem. Hollywood estimula e exalta o adultério, enquanto que a palavra de Deus o condena como um ato insano e profano. Leitor, em quem você vai acreditar e obedecer? Não faça vista grossa à morte e ao inferno sob os lençóis (Pv 2:18; 5:5; 9:18).

Existe esperança para adúlteros? Sim, para aqueles que se arrependem! Deus feriu o Seu Filho unigênito por causa deles (Is 53:5)! Ele foi desprezado e rejeitado por Deus e pelos homens por causa deles (Is 53:3-4)! Ele também foi desprezado por causa deles (Sl 22:6; 69:20)! Por causa do Seu sacrifício e sofrimento por eles, Davi, Maria e outros como eles podem encontrar o perdão, a paz e a restauração com Deus e com os homens. Aleluia! Que Salvador!