Rondônia - 22 de julho de 2018
Home / Notícias / Religião / Estudos de Provérbios / Provérbios 9:7 – O que repreende o escarnecedor afronta toma para si; e o que censura o ímpio recebe a sua mancha.

Provérbios 9:7 – O que repreende o escarnecedor afronta toma para si; e o que censura o ímpio recebe a sua mancha.

Você deveria provocar uma cobra cascavel? Com um silvo maligno, ela morderá rápida e violentamente, perfurando você com seus dentes venenosos! Sua língua em forma de um “Y” com movimentos súbitos para dentro e para fora de sua boca vil, enquanto os seus olhos fitam você com um ódio frio e cruel. Cobras precisam ser evitadas! Homens sábios identificam os locais onde elas moram e ficam longe delas!

O que acontece se você tentar ensinar ou corrigir um zombador? A mesma coisa descrita acima a respeito da cobra! Estas almas diabólicas o atacarão com uma boca venenosa e tentarão lhe ferir (Pv 9:8). Eles estão reagindo pelo espirito do pai deles que está dentro deles, aquela velha serpente, o diabo (Jo 8:44; IITm 2:26). Eles não têm consciência nem compaixão, pois desprezam e rejeitam você e os seus esforços.

Zombadores não merecem correção ou verdade (Pv 23:9; 26:4; Mt 7:6). Eles abriram mãos da afeição e da preocupação vindas do homem sábio. Desperdiçar tempo com zombadores é tolice e arriscado. Esses desprezadores da verdade podem gastar suas vidas sofrendo, para onde o Senhor os enviará com justiça. Homens sábios não perdem tempo ou reputação conversando com eles (Pv 24:9; IITm 2:23).

O que é um zombador? É a descrição deplorável do caráter de uma pessoa má. Não só estão cheios de presunção arrogante, mas também desprezam qualquer um que tente ajudá-los com instruções ou repreensões (Pv 26:12,16). Suas almas espumam com ódio e ressentimento por qualquer um que não os trata como se fossem deuses e que se dobram às suas idéias depravadas (Is 19:20-21).

O que é um zombador? É uma pessoa que zomba da religião, ressente a correção e ridiculariza seus professores – uma pessoa determinada em praticar o mal em seus caminhos. Eles não são só teimosos, mas são também desrespeitosos e soberbos fazendo perguntas ridículas e dando respostas arrogantes àqueles que os repreendem. Elas são crianças desobedientes e presunçosas que zombam e desconsideram seus pais.

Se você ajudar um zombador ou um homem perverso, você sairá envergonhado e manchado. Ele vai desprezar e ridicularizar as suas sábias palavras; ele vai feri-lo por causa delas; ele fará tudo que puder para destruir a sua reputação; e você vai ficar parecendo um tolo por gastar qualquer tempo com tal pessoa. Não existe razão para ajudar um zombador e muitas para não ajudá-lo! Sendo contraproducente e estupidez honrar um tolo, isto é muito mais verdadeiro se tentar honrar um zombador (Pv 26:1,8).

O simples é convidado a ouvir a sabedoria (Pv 9:4-5). Mas o zombador faz totalmente parte de outra categoria de tolos! Os fariseus eram zombadores e mancharam a Jesus e em seguida o crucificaram. Jesus e os apóstolos não desperdiçariam tempo com eles (Mt 7:6; 15:10-14; 21:23-27). As respostas de Jesus aos questionamentos deles não foram com a intenção de ajudá-los e sim para confundi-los e envergonhá-los (Mt 22:15-46). Ele sabia que eles não tinham o mínimo desejo pela verdade em seus corações.

Homens sábios evitam zombadores, quando detectam ressentimento contra a correção ou por aqueles que os dão (Pv 9:8; 13:1; 19:28; 21:24). Os homens sábios não desvalorizarão a verdade e a sabedoria oferecendo-as a eles. Eles não irão se expor à vergonha, corrigindo-os. Rejeitar zombadores trará paz à sua vida, pois o amor que eles têm de brigar perturba a paz e a unidade (Pv 22:10).

Homens sábios identificam e rejeitam seus próprios traços de zombaria. Eles aprendem a aceitar humildemente a correção e a reprovação. Eles nem sempre questionam ou suscitam outro “mas” para as pessoas em autoridade ou para as instruções deles. Eles são humildes para ouvir a repreensão e a reprovação, e apreciam aquelas pessoas suficientemente bondosas para lhes ensinar e advertir (Pv 27:6; Sl 141:5).

Jesus Cristo era o oposto do zombador, pois ele com alegria e boa vontade aprendeu a vontade do Seu Pai para a sua vida e a realizou! Como o Salvador dos pecadores, Ele também perdoou zombadores como Saulo de Tarso e o ladrão na cruz. Leitor, se você tem sido um caso teimoso e difícil para seus pais e outros professores em sua vida, confesse a sua tolice a Ele ainda hoje!