Home / Notícias / Esportes / Santos FC / Hino, músicas de torcida e garra embalam bastidores do Peixe na Copa São Paulo

Hino, músicas de torcida e garra embalam bastidores do Peixe na Copa São Paulo

Respeito, admiração e paixão pelo Santos FC são sentimentos nítidos no vestiário e nas partidas da equipe Sub-20 do Peixe na Copa São Paulo de Futebol Júnior. Através das lentes da Santos TV, que traz os bastidores das partidas, das redes sociais dos atletas e das transmissões de televisão, é possível notar que o plantel santista sabe o peso que é vestir a camisa do Alvinegro Praiano.

Jogando com “técnica e disciplina, dando o sangue com amor”, os Meninos da Vila têm representado a torcida dentro das quatro linhas nesta Copinha. Invictos na competição, o elenco comandado pelo técnico Aarão Alves promete seguir jogando com o coração na chuteira em busca de mais uma classificação neste sábado (13), às 18h30, quando enfrenta o Figueirense pela terceira fase da competição.

Antes e depois dos jogos, os garotos do Peixe finalizam a tradicional roda de oração com um sonoro “ô, 1, 2, 3, Santos!”. Além disso, o hino do clube e músicas de apoio da torcida santista, entoadas nas arquibancadas, são cantadas a plenos pulmões pelos jogadores.

“É uma honra cantar as músicas do time que eu jogo. O Santos FC é muito importante para mim, é um clube muito grande. Às vezes cantamos o hino ou “vai pra cima deles Santos” para entrar no jogo. A gente já entra (na partida) com mais vontade cantando o hino. Fazemos parte da história do Santos FC”, disse o atacante Giovanni, de 15 anos, que disputou o Paulista Infantil em 2017 e repetiu este feito durante todo o ano com seus companheiros. As demais categorias de base do Peixe também têm entrado em campo embaladas pelas músicas santistas.

“Acho que vestir a camisa do Santos FC é o sonho de muitas crianças, jovens e adolescentes. É uma responsabilidade muito grande vestir esse manto, pela grandeza que é o Santos. Mas a gente não leva peso para dentro de campo. Levamos alegria e a identificação do clube. Os Meninos da Vila jogam com ousadia e alegria e muita determinação sem a bola, se dedicando ao máximo”, afirmou o lateral esquerdo Rhuan, de 17 anos.

A cantoria é tão contagiante nos vestiários que alguns atletas não se limitam a cantar. Muitos deles, como o atacante Richard Luca, gostam de mostrar a força e a união do plantel em suas redes sociais. “É uma fonte de inspiração diferente, nos deixa mais inspirados. É difícil explicar. São momentos únicos e inesquecíveis, que merecem ser compartilhados com quem torce pelo meu sucesso. A torcida e o time estão lutando pelo mesmo objetivo. Eles torcendo no lado de fora e a gente jogando lá dentro”.

Focados para mais um duro desafio na competição, os garotos do Peixe querem manter essa sintonia com a torcida santista dentro e fora de campo para avançarem às oitavas de final da Copinha neste sábado (13). Para isso, Rhuan promete se doar ao máximo diante do Figueirense.

“Quem assiste aos nossos jogos está vendo o quanto nosso time está se entregando, o quanto estamos correndo ao máximo para honrar o manto do Santos FC. Queremos manter a “pegada” de sempre. O professor Aarão tem batido nessa tecla: o nosso forte tem sido a determinação e união. Vamos em busca de mais uma vitória nesta partida para seguir evoluindo jogo a jogo”, ressaltou o garoto de Diadema.

Confira os bastidores de um dos jogos do Peixe nesta Copinha 2018 através da Santos TV

Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/SantosFC