Rondônia - 26 de Abril de 2018
Home / Notícias / Nordeste / Maranhão / IEMA recebe estagiários para atuar em Núcleo Estratégico – Maranhão

IEMA recebe estagiários para atuar em Núcleo Estratégico – Maranhão

Estagiários vão atuar em projeto de expansão do Instituto. (Foto: Ricardo Octávio)

Estagiários vão atuar em projeto de expansão do Instituto. (Foto: Ricardo Octávio)

Na manhã da quarta-feira (10), o Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA) sediou o I Encontro de Planejamento Estratégico com estagiários de Direito, Ciências Sociais e Ciências Econômicas da Universidade Federal do Maranhão (UFMA) que atuarão no Núcleo Estratégico do Instituto.

Estiveram presentes o reitor do IEMA, Jhonatan Almada; o professor da Escola de Formação de Governantes e assessor especial do Núcleo Estratégico, Raimundo Palhano; o professor da Escola Superior de Advocacia dos Advogados do Brasil/Seccional Maranhão (ESA/OAB-MA) e assessor especial do Núcleo Estratégico, João Batista Ericeira; e Joilson Costa, assessor de Programas Estratégicos.

O encontro iniciou com falas do reitor, seguido por apresentação dos resultados de 2017 e agenda para 2018, finalizando com debate e encaminhamentos que definem o campo de atuação e colaboração de cada estagiário no projeto Bases para a Expansão do IEMA de 2018 a 2028 – Consolidação do Plano de Desenvolvimento Institucional e Estudos Técnicos.

“O Núcleo Estratégico tem por objetivo apoiar as ações da reitoria do IEMA enquanto órgão dirigente da nossa instituição. Dentre os objetivos do Núcleo deste ano temos a elaboração de dois documentos importantes. O primeiro sendo o projeto Bases para Expansão do IEMA nos próximos dez anos, e o segundo sendo o documento de revisão do nosso Plano de Desenvolvimento Institucional PPI e PDI. Dessa forma, os estagiários chegam para apoiar o Núcleo Estratégico nesta caminhada”, ressaltou Jhonatan Almada.

Segundo o acadêmico de Ciências Sociais da UFMA, Vitor Sampaio, seu foco ao fazer parte do Núcleo Estratégico é conhecer os contrastes e diferenças da educação no Maranhão, a partir o IEMA. “Como faço licenciatura em Ciências Sociais e pretendo atuar como professor de Sociologia, o IEMA pode me possibilitar a princípio as diferentes situações de interação entre professor e aluno”, disse.

“Como o IEMA está com um projeto de expansão e uma das prerrogativas de instalação é de estar em municípios nos quais o ensino não chegou ainda, imagino que estar presente nessas situações me ajudará a ter uma relação diferenciada, um olhar apurado de realidades diferentes”, acrescentou o acadêmico.

Participaram da seleção de estagiários 13 acadêmicos de diversas universidades do Maranhão. Dentre eles foram selecionados cinco alunos: Beatriz Lima, do curso de Direito; Marina D’Caminha e Vinicius Matos, do curso de Ciências Econômicas; além de Vitor Sampaio e Elone de Oliveira, do curso de Ciências Sociais.

Comentários

Comentários

noticias doidas