Rondônia - 12 de dezembro de 2018
Home / Notícias / Inflação na Venezuela pode fechar 2018 em 400.000%

Inflação na Venezuela pode fechar 2018 em 400.000%

A crise humanitária na Venezuela não é só causada pela escassez, registra o Estadão.

“O preço dos alimentos também atingiu um patamar proibitivo para a maioria dos venezuelanos. O salário mínimo é de 456 mil bolívares, o equivalente a US$ 136 na utopia do câmbio oficial e US$ 2,5 na realidade do câmbio paralelo.

Um quilo de açúcar custa em média 155 mil bolívares – um terço do salário mínimo. O litro de leite pode ser encontrado por 60 mil bolívares, cerca de 15% de um salário mínimo.

(…) Em carta aberta ao presidente Nicolás Maduro, um grupo de economistas alertou ontem que a inflação na Venezuela pode fechar 2018 em 400.000%.”

O paraíso petista tem dessas coisas.

A comida de cachorro dos venezuelanos