Home / Notícias / O trem atrasado das privatizações

O trem atrasado das privatizações

O governo de Michel Temer pretende fazer, em 2018, pelo menos dois leilões de ferrovias: o da Norte-Sul, entre Tocantins e São Paulo; e o da Ferrogrão, entre Mato Grosso e Pará, informa o G1.

Apesar das demonstrações de interesse do mercado, analistas ouvidos pelo portal acreditam que o plano do governo deverá ser adiado para 2019.

O motivo: os investimentos envolvidos em projetos de ferrovias são muito altos, o que dificulta o comprometimento dos investidores num ambiente de incertezas gerado pelas eleições deste ano.