Home / Notícias / Famosos e Variedades / O Outro Lado do Paraíso: Henrique procura Duda e leva fora: ‘Superou depressa [minha morte]’

O Outro Lado do Paraíso: Henrique procura Duda e leva fora: ‘Superou depressa [minha morte]’

Duda em O Outro Lado do Paraíso (Foto: Divulgação)Duda em O Outro Lado do Paraíso (Foto: Divulgação)

Após descobrir que Duda está viva, Henrique (Emílio de Mello) a procurará nos próximos capítulos de O Outro Lado do Paraíso.

No entanto, segundo Daniel Castro, a dona do bordel não medirá palavras e acusará o ex-marido de ter superado sua morte muito rápido e de que Jô é a maior fura-olho da relação dos dois.

O diplomata irá até a casa de Clara (Bianca Bin) para falar com Duda. “Estou surpresa. A Adriana [Julia Dalavia] veio aqui, disse coisas horríveis. Imagino que tenha a mesma opinião sobre mim. Acha que sou culpada pela morte de seu pai?”, indagará ela.

+ Johnny Massaro é mal educado na Globo e dá show de antipatia

“Eu ouvi tudo. Se é culpada, e ele? O que é? É difícil, duro, tomar consciência do que meu pai fez com você. Há tanto que preciso entender. Na minha cabeça não entra que ele foi capaz de prejudicá-la. Prejudicou a mim também. Você era minha mulher. Quando acreditei que estava morta, eu sofri”, falará Henrique.

Duda, então, o criticará por ter ficado com Jô. “Superou depressa. Depois da minha suposta morte, fui algumas vezes até a escola da Dri, e ao apartamento onde morávamos. Para ver minha filha de longe. Eu vi você com a Jô”, dirá a mãe de Clara.

“Ela se aproximou de mim, me consolou. Eu me apeguei. Fiquei algum tempo desnorteado”, comentará ele. “Caiu na armadilha”, rebaterá a dona do bordel. Henrique não entenderá nada e Duda explicará.

“A Jô foi a falsa amiga, que me jogou nos braços do Renan [Marcello Novaes]. Ela insistia comigo para sair. Quando eu quis me separar dele, depois de você me perdoar, ia mandar só uma mensagem. Ela insistiu para que fosse um encontro pessoal, e lá, na casa dele, toda a tragédia aconteceu”, recordará.

Henrique ficará surpreso com as acusações feitas à sua atual mulher. “Seu pai sempre quis que você casasse com ela. Dizia que era a mulher ideal para um diplomata. Tem mais. Eu suspeito que ele deu dinheiro para a Jô. Ela estava sem um centavo, de repente deu uma festa de aniversário. A festa onde conheci o Renan. Hoje, acredito que ela só deu aquela festa para me empurrar para os braços dele”, prosseguirá Duda.

O diplomata refletirá e concordará que Natanael sempre o aconselhou para que ficasse com Jô. “Se for verdade, minha vida também foi uma fraude”, comentará ele, que decidirá conversar com a mulher antes de tudo.

“Quero saber até onde vai essa fraude. Perdoe. Eu vim falar de tantas outras coisas, mas agora… Eu preciso falar com ela. Saber”, explicará ele. “Fique à vontade”, concordará Duda com desdém. Em seguida, Henrique irá até a casa de Adriana para confrontar Jô.

Ele chegará transtornado e a mulher perceberá que o marido não está normal. “Eu quero saber. Até onde me enganou? Até onde estava envolvida nessa história sórdida com a Bete?”, bradará o ricaço.

Jô ficará sem reação. “O que ela disse?”, indagará. Adriana vai intervir na discussão do pai e da madrasta. “Não importa o que ela disse. Pai, não percebe que essa mulher, minha mãe, só reapareceu nas nossas vidas para nos separar? Primeiro foi meu avô. Agora você e a Jô serão forçados a um acerto de contas?”, dirá.

“Eu preciso saber o que houve”, rebaterá Henrique. Jô, então, contornará a situação. “Essa mulher, a Bete, nunca valeu nada. Quando vocês eram casados, traiu. Mesmo assim, foi falar com ela sem falar comigo, e volta me fazendo acusações? Eu não vou suportar. Não vou”, dirá ela, saindo de casa.