Rondônia - 26 de Abril de 2018
Home / Notícias / Esportes / Corinthians / Oito jogos, 46% dos pontos, duelos com cinco países… Super Raio X do Corinthians na Florida Cup

Oito jogos, 46% dos pontos, duelos com cinco países… Super Raio X do Corinthians na Florida Cup

Em 2018, Corinthians participou pela quarta vez consecutiva da Florida Cup

Em 2018, Corinthians participou pela quarta vez consecutiva da Florida Cup

Foto: Divulgação/Florida Cup

Fim de mais uma participação do Corinthians na Florida Cup. Pelo quarto ano consecutivo, o departamento de futebol profissional do clube resolveu iniciar a temporada em solo americano. O Timão é o único clube que esteve em todas as edições do torneio: 2015, 2016, 2017 e, agora, 2018.

O Corinthians disputou dois jogos por ano, conquistando três vitórias, empatando duas vezes e perdendo em outras três oportunidades (45,8% dos pontos disputados, contando apenas os 90 minutos dos jogos). Foram duelos com clubes de cinco países diferentes (Alemanha, Brasil, Escócia, Holanda e Ucrânia).

O Timão triunfou diante de Bayer Leverkusen-ALE, Shakhtar Donetsk-UCR e Vasco; empatou diante de São Paulo e PSV-HOL, além de ter perdido para Colonia-ALE, Atlético Mineiro e Rangers-ESC (veja abaixo).

Apesar de apertar o calendário, o torneio que reúne clubes sul-americanos, europeus e asiáticos durante a pré-temporada vem sendo importante para o Timão. Nos três anos anteriores, treinadores, jogadores e membros da comissão técnica tiraram proveito do período e os resultados foram bons no primeiro semestre.

Em 2015, por exemplo, Tite usou a Florida Cup para definir a equipe titular e o esquema tático (4-1-4-1) que seriam usados contra o Once Caldas (COL) dias depois na pré-Libertadores. Aquela vitória sobre o Bayer Leverkusen é considerada pelo treinador como ponto de partida para a conquista do título brasileiro no fim do ano.

Em 2016, o Corinthians fez um bom primeiro semestre. Os títulos não vieram, mas as primeiras fases do Campeonato Paulista e da Copa Libertadores foram disputadas com enorme intensidade. Na época, Tite também considerou que o bom início, com direito a invencibilidade no Estadual, foi consequência do período de treinos e jogos em solo americano no início de janeiro.

Em 2017, o técnico Fábio Carille deu o pontapé inicial do seu trabalho justamente na Florida Cup. Goleada sobre o Vasco (4 a 1) e empate sem gols diante do rival São Paulo, com direito a duelo pegado dentro de campo, ajudaram a formatar a equipe que depois conquistaria o Estadual e o Brasileirão. O treinador iniciou ali o esquema 4-1-4-1, que posteriormente ganharia adaptação ao 4-2-3-1.

Agora, em 2018, Carille voltou a tratar a participação do Corinthians na Florida Cup de forma bastante positiva. Na sua visão, a chance de treinar o esquema 4-1-4-1 no lugar do 4-2-3-1 contra dois europeus é algo a ser comemorado por todos da comissão técnica.

A diretoria e o departamento de marketing avaliam que a exposição da marca Corinthians foi bastante positiva nesses últimos quatro anos. Segundo seus responsáveis, infinitamente superior a qualquer tipo de amistoso contra equipes do interior de São Paulo que fosse possível realizar em solo brasileiro.

A participação do Corinthians na edição de 2019 está acordada, inclusive em contrato, mas há possibilidade de o clube abrir mão da disputa no próximo ano. O martelo não está batido.

Corinthians na Florida Cup (2015-2018)

2015Colonia (ALE) 1×0 CorinthiansCorinthians 2×1 Bayer Leverkusen (ALE)

2016Corinthians 3×2 Shakhtar Donetsk (UCR)Atlético Mineiro 1×0 Corinthians

2017Corinthians 4×1 VascoSão Paulo 0x0 Corinthians

2018Corinthians 1×1 PSV (HOL)Rangers (ESC) 4×2 Corinthians

Veja mais em:
Florida Cup.

noticias doidas