Rondônia - 19 de setembro de 2018
Home / Notícias / Norte / Rondônia / Força-tarefa vai fortalecer atendimento durante carnaval nas unidades de Saúde em Porto Velho e interior

Força-tarefa vai fortalecer atendimento durante carnaval nas unidades de Saúde em Porto Velho e interior

O governo de Rondônia terá uma força-tarefa, formada por médicos, enfermeiros, auxiliares e pessoal de apoio, para reforçar o atendimento em todas as unidades de saúde da rede estadual, em Porto Velho e cidades do interior. A ação faz parte da estratégia montada pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesau) para atender à demanda durante os dias de folia. Segundo dados do setor de estatísticas da Sesau, neste período há um acréscimo de 40% no número de atendimentos de urgência e emergência.

Em Porto Velho, além das unidades do Estado, a Sesau vai fortalecer o atendimento nas unidades de saúde do município. A Policlínica Ana Adelaide, na zona Norte da capital, será a unidade de referência. Dois médicos do Estado reforçam a equipe do município a partir desta sexta-feira (09), até quarta-feira (14), às 20 horas.

Além dos médicos, a Sesau entrega nesta sexta-feira (09) dois caminhões contendo materiais de uso médico-hospitalar e medicamentos. A ação foi pactuada entre a Secretaria Estadual de Saúde (Sesau), Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) e a Promotoria de Justiça de Defesa da Saúde.

De acordo com o secretário estadual de Saúde, Williames Pimentel, a localização da A Policlínica Ana Adelaide, bem como a estrutura da unidade, influenciaram para que fosse indicada como Unidade Polo durante o carnaval.

Todas as ocorrências – com exceção de maior gravidade – serão levadas pelas equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) para a Policlínica Ana Adelaide. Os casos considerados mais graves serão encaminhados ao Hospital e Pronto Socorro João Paulo II, referência no atendimento de alta complexidade na macro região de saúde 1.

Leia mais:
Corpo de Bombeiros terá efetivo reforçado no Carnaval em Porto Velho
PM aumenta a presença de policiais nas ruas e dá dicas para segurança no carnaval
Acidentes de trânsito representam cerca de 70% dos atendimentos de traumas no João Paulo II; demanda chega a dobrar no período carnavalesco