Home / Notícias / Sudeste / São Paulo / Museu de Pesca e Aquário receberam mais de 93 mil visitantes em 2017 | São Paulo

Museu de Pesca e Aquário receberam mais de 93 mil visitantes em 2017 | São Paulo

  • imagem12-02-2018-12-02-35
  • Download Armando de Luca Juniorimagem12-02-2018-12-02-36Museu de Pesca e Aquário abrigam vida marinha e da água doce, respectivamente; Aquário também estuda incrementar espécies marinhas

O Museu de Pesca de Santos e o Aquário de São Paulos receberam mais de 93 mil visitas em  2017. Os locais divulgam conhecimento do Instituto de Pesca (IP-Apta), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento de São Paulo. Somente o Aquário, localizado no Parque da Água Branca, em São Paulo, recebeu 46.171 pessoas. Os visitantes percorreram os 32 aquários da instituição.

No local estão espécies de peixes de alto valor econômico para a aquicultura e peixes das águas continentais brasileira. A diversidade vai deste tilápia, pacu, pirarucu, piranha até pequenos espada.

Em 2018 o espaço deve ampliar os viveiros existentes e montar o primeiro aquário marinho do Instituto de Pesca. Com isso, a instituição leva a oportunidade aos paulistanos de entender como é a dinâmica dos peixes de água doce e de água salgada.

Museu de Pesca também aumenta número de visitantes

O Museu de Pesca, em Santos, teve em 2017 um aumento de 3.055 visitantes em comparação com o ano anterior. No total, 47.140 pessoas passaram pelo local. O acervo do museu é formado por exemplares de diversas espécies de peixes, crustáceos, aves e mamíferos marinhos taxidermizados ou representados por suas ossadas. O local também conta com exposição de conchas, uma coleção com mais de mil tipos de areia, maquetes de embarcações, aparelhos e equipamentos utilizados para pesca e em pesquisas oceanográficas.

O aumento de cerca de 6% no número de visitantes entre 2016 e 2017 foi graças a uma série de ações realizadas no espaço no último ano.

A sala “Maravilhas do Mar”, por exemplo, foi reaberta com o acervo de areias. No local também foram feitos painéis de selfie, para os visitantes registrem seus momentos no nosso espaço.

Para o secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, Arnaldo Jardim, o aumento no número de visitas demonstra a importância da difusão de conhecimento. “O Aquário do IP e o Museu de Pesca têm um papel fundamental na aproximação entre a pesquisa realizada pelo instituto e a comunidade. São espaços onde se desperta o interesse de crianças e jovens pelo conhecimento. Essas ações são fundamentais em qualquer país”, conclui o secretário.