Rondônia - 13 de dezembro de 2018
Home / Notícias / Esportes / Vasco da Gama / Com conselhos de Odvan, Ricardo Graça se firma como substituto de Anderson Martins

Com conselhos de Odvan, Ricardo Graça se firma como substituto de Anderson Martins

A notícia da saída de Anderson Martins para o São Paulo caiu como uma bomba para o torcedor do Vasco. Nem mesmo Nenê, que tomaria exatamente o mesmo caminho pouco tempo depois, fez sofrer tanto o coração cruzmaltino como o zagueiro. E foi em meio a seca de defensores – Zé Ricardo chegou a ficar com apenas três – que surgiu o jovem Ricardo Graça, de apenas 20 anos.

Com 1,83m e estilo técnico, o prata-da-casa tem dado conta do recado e feito os vascaínos esquecerem um pouco o ídolo, que deixou o clube em função dos salários atrasados.

“Eu comecei no Vasco em 2009, fiquei seis anos no clube e, de 2015 para 2016, fui para Portugal e não dei certo (no Vitória de Guimarães). Aí voltei para o sub-20, mudou o treinador e o Marcos Alexandre (técnico até hoje da categoria) me deu oportunidade. Subi para o profissional depois da Copa do Brasil sub-20 junto com Evander, Mateus Vital, entre outros. Ano passado fui o único de linha que não tinha ido para nenhum jogo com o Zé Ricardo (risos), mas graças a Deus o Zé me deu oportunidade e aproveitei. Tenho que continuar agora fazendo o meu trabalho. Se eu der uma brecha, vou sair e vice-e-versa. Tenho que dar o melhor para jogar”, disse.

Responsável por apostar no jovem, Zé Ricardo demonstra tranquilidade ao falar do zagueiro: “O Ricardo está aproveitando bem, já sabíamos que era promissor. Não fico muito preocupado”, disse.

Conselhos de Odvan

Após a vitória por 2 a 0 sobre a Universidad de Concepción (CHI), na última quarta-feira, onde foi muito bem dando um belo lançamento para o primeiro gol da equipe, Ricardo Graça recebeu conselhos de um ex-jogador de sua posição que fez história pelo clube: Odvan.

O defensor campeão da Libertadores de 1998 esteve presente na partida a convite do presidente Alexandre Campello junto com outros ex-atletas que participaram daquela campanha e fez questão de parabenizar o jovem e lhe dar dicas.

“Ele (Odvan) e Mauro Galvão fizeram uma bela dupla. Me elogiou, falou que eu fui bem. Falou para nós ali atrás começarmos a ter mais cuidado com as bolas aéreas e na hora das faltas sempre olhar o cara. Ele deu algumas dicas. Disse que na época dele treinava-se muita bola aérea. Falou para eu aprimorar isso aí. Acho que qualquer crítica é válida, de qualquer um. Se for para ajudar o Vasco, vamos absorver da melhor maneira possível”, disse.

Renovação de contrato

O atual contrato de Ricardo Graça termina em junho deste ano, o que já deixa o clube em alerta. Por conta disso, o Vasco já iniciou conversas para uma renovação até 2020. Apesar do estágio avançado, ele ainda não assinou.

“Eu ainda não renovei. Tivemos uma conversa, acertamos algumas coisas, eles falaram que iam resolver, que meu contrato ia ser feito, mas ainda não assinei. Tivemos uma conversa boa de ambas as partes. É óbvio que eu quero ficar. Sempre quis jogar no profissional do Vasco, afinal, jogo aqui há nove anos. O Vasco demonstrou interesse em renovar, isso é o mais importante. Não adianta uma das partes querer. As duas querem”, disse.

Fonte: UOL