Home / Notícias / Esportes / Corinthians / Artilheiro do elenco, Jadson surpreende ao comentar disputa com Romero na Arena Corinthians

Artilheiro do elenco, Jadson surpreende ao comentar disputa com Romero na Arena Corinthians

Romero e Jadson, juntos, possuem 40 gols na Arena Corinthians

Romero e Jadson, juntos, possuem 40 gols na Arena Corinthians

Foto: Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

Desde o início do ano passado, um mantra que foi estabelecido no Corinthians é o de tentar transformar o elenco em uma espécie de família. E isso ficou ainda mais claro em uma entrevista concedida pelo meia Jadson ao GloboEsporte.com, publicada nesta quarta-feira.

Ao ser questionado sobre a disputa sadia com Ángel Romero pela artilharia da Arena Corinthians, Jadson surpreendeu e declarou que não tem pretensão de ultrapassar o camisa 11. Enquanto o paraguaio lidera a lista de goleadores de Itaquera com 21 gols, o veterano meia de 34 anos de idade aparece com o segundo lugar na lista – 19 tentos anotados.

“Vou deixar para o Romero. Deixa ele ser o artilheiro da Arena, ele é um menino do bem, gente boa. Mas, quando tiver oportunidades, vou tentar aproveitar e fazer a minha parte. Todo mundo gosta de fazer gol, é o êxtase do jogador, mas vamos deixar na mão de Deus”, comentou Jadson, que assim como Romero volta a jogar em Itaquera nesta quarta-feira depois de quase três meses – gramado do estádio passou por processo de replantio.

Leia também: Com zagueiro e gramado novos, Corinthians recebe São Bento nesta quarta-feira pelo Paulistão

Na artilharia geral do elenco corinthiano, contudo, Jadson não parece dar muitas chances nem a Romero nem a qualquer outro jogador. O veterano aparece no topo da lista de goleadores com 37 tentos – quatro a mais do que o segundo colocado, Danilo.

Somente na atual temporada, Jadson já foi às redes três vezes – dois gols contra o São Caetano e um diante do São Paulo. O bom início de temporada inclusive lhe garantiu um lugar no top 10 de artilheiros do clube no século 21, conforme reportado pelo Meu Timão.

Leia também: Rodriguinho iguala ‘cara metade’ e movimenta artilharia do Corinthians em 2018; veja lista

“Não sou um jogador de fazer muitos gols, mas esse ano comecei bem. Fico feliz de estar entre os dez maiores artilheiros do século do Corinthians, mas meu pensamento nunca foi esse. Sempre pensei em ajudar a equipe, fazer minha parte nos jogos. Não fico pensando em artilharia. Mas quem sabe eu não possa aos poucos subir minha média e chegar no Dentinho”, discorreu, se referindo ao atacante do Shakhtar Donetsk que detém a marca de principal goleador do clube no século, com 55 tentos marcados.

“Todo mundo tem que ter metas, faz parte da vida de todo profissional. É tentar dar também o maior número de assistências que eu puder. Em 2015 tive bastante e fiz ainda 16 gols. Pretendo ter uma temporada boa e ajudar a equipe a conquistar mais títulos”, finalizou.

Veja mais em:
Jadson, Romero e Arena Corinthians.