Home / Notícias / Esportes / Botafogo / Com Felipe Conceição de técnico, Botafogo teve segundo pior início de ano da década

Com Felipe Conceição de técnico, Botafogo teve segundo pior início de ano da década

Definitivamente, a rápida passagem do técnico Felipe Conceição no time principal do Botafogo não deixou saudades no torcedor. Mas, para ilustrar isso, o LANCE! fez um levantamento. O agora ex-comandante do Alvinegro somou nove pontos à frente do clube nas sete partidas que comandou a equipe. O que isso significa? Que este é o segundo pior início do clube na década que começou em 2011.

O Botafogo só teve um início de temporada pior que esse há quatro anos, em 2014, quando foi rebaixado e fez oito pontos nas primeira sete partidas e também tinha um treinador que era auxiliar e foi efetivado: Eduardo Húngaro. Mas tem uma diferença. Há quatro anos, o Botafogo deixou o Estadual de lado e priorizou a Taça Libertadores, torneio que acabou também não indo bem.

Neste ano, o Glorioso venceu apenas dois jogos, mas só com uma boa exibição: o 2 a 1 contra o Macaé. Venceu também o Boavista, com gol de pênalti de Brenner. Foram três empates: Portuguesa, Fluminense e Madureira, além de duas eliminações em uma semana. Perdeu para a Aparecidense na Copa do Brasil e para o rival Flamengo na Taça Guanabara. Defensivamente, foram oito gols sofridos e apenas sete marcados.

Ano passado, também com Libertadores, o Botafogo somou onze pontos. Na ocasião, o Alvinegro bateu Colo Colo, Olimpia e Macaé e empatou com Colo Colo e Nova Iguaçu. Em 2016 e 2015, os melhores anos da década: 19 pontos somados em cada uma das temporadas. Elas são seguidas de perto pelo bom início de 2011, quando foram 17 pontos conquistados. Por fim, o Botafogo somou 15 pontos nas sete primeiras rodadas de 2012 e 14 em 2013.

Mas agora é bola para frente e treinador novo. Sob o comando de Alberto Valentim, o Botafogo terá oito dias para trabalhar até a estreia na Taça Rio, contra o Nova Iguaçu, fora de casa, às 19h30.

Fonte: Terra