Rondônia - 16 de agosto de 2018
Home / Notícias / Centro-Oeste / Mato Grosso / Seaf entrega 16.000 mudas do Pró-Limão

Seaf entrega 16.000 mudas do Pró-Limão

O Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Agricultura Familiar e Assuntos Fundiários (Seaf), realizou nesta semana a entrega de 16.000 mil mudas para apoiar os pequenos produtores, beneficiados pelo programa mato-grossense de apoio a cadeia do limão taiti, denominado Pró-Limão.

O programa que possui validação da Seaf, Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer) e do Instituto Paranaense de Pesquisa e Assistência Rural (Iapar) por meio do pesquisador Eduardo Fermino,que é Ph. D. do laboratório de biotecnologia do estado do Paraná, tem por objetivo disseminar boas práticas da cultura do limão pelos municípios mato-grossenses.

“Após alguns investimentos em qualificação da nossa equipe e capacitações de produtores construímos um moderno plano de difusão de tecnologia na cultura limoeira. Realizam parceria público privada, onde os produtores selecionados adquirem as mudas e a Seaf entra com toda a assistência técnica, capacitação dos produtores, técnicos e a consultoria do Iapar”, explicou o secretário de Estado de Agricultura Familiar, Suelme Fernandes.

As mudas de limão, que foram compradas em São Paulo, possuem excelente material genético e tem como vantagem a alta produtividade e resistência as principais pragas, em especial a gomose. Cada muda foi adquirida por R$ 9,50, sendo que em qualquer viveiro de Cuiabá, uma planta desta custa pelo menos R$ 20.

Peixoto de Azevedo, Matupá, Guarantã do Norte, Terra Nova do Norte, Nova Guarita, Cuiabá, Santo Antônio do Leverger, Querência, Itiquira, Chapada dos Guimarães e Rosário Oeste, são os municípios que receberam inicialmente as mudas do programa, que irá beneficiar cerca de 50 pequenos produtores.

Segundo o técnico da Seaf, Leonardo Ribeiro, o material genético da muda é um dos melhores do Brasil, possui alta produtividade, rendimento excelente e pode gerar maior lucro e renda para o produtor familiar.

“Gostaria de agradecer, o apoio do Estado que com essa parceria, o pesquisador do IAPAR Eduardo, que é muito competente, ensinou as melhores técnicas para o agricultor familiar plantar o limão taiti”, agradeceu o pequeno produtor beneficiado, Dionisio Santana da Gleba Resistência, em Santo Antônio de Leverger.